nsc

publicidade

Levantamento 

Santa Catarina gasta mais de R$ 1 bilhão com acidentes nas BRs em um ano

No Brasil, o total estimado chega próximo dos R$ 10 bilhões

19/09/2019 - 16h57 - Atualizada em: 19/09/2019 - 17h15

Compartilhe

Leandro
Por Leandro Lessa
(Foto: )

Um dos dados preocupantes no levantamento divulgado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) nesta quinta-feira (19) é que Santa Catarina está na 2ª posição entre os estados que gastam mais com acidentes em BRs. O valor estimado, com custos, incluindo perdas de vidas e materiais, é de R$ 1.051.710.366,17 em 2018.

O resultado catarinense representa 10,8% do total brasileiro, que chegaram a R$ 9,73 bilhões. Minas Gerais ocupa a primeira posição no ranking, com cerca de R$ 1,3 bi.

A região Sul do país lidera a lista referente a mais acidentes a cada 100 km de rodovias federais (135,6 contra 82,3 da média nacional), além de ficar em primeiro lugar com maior número de colisões em BRs, com 31,9% do total brasileiro.

Entretanto, sobre a relação de mortes a cada 100 acidentes, o Sul fica com uma média de 7,4, a menor entre as regiões do país. Ao todo, somando as ocorrências nos três estados, foram 1.193 mortes em 16.160 acidentes com vítimas nas estradas sob jurisdição federal somente no ano passado.

BR-101 e BR-282 campeãs em acidentes

Em relação aos números nacionais, o Brasil registra 14 mortes e 190 acidentes nas rodovias federais a cada dia. Somente em 2018, foram 69.206 acidentes, com 5.269 mortes. Nos 12 anos analisados pela CNT, o Brasil teve 1,7 milhão de acidentes e 88,7 mil mortes nas BRs.

As rodovias federais campeãs em número de acidentes ano passado foram a BR-101 (8.896) e a BR-116 (7.524) – as duas possuem trechos que passam por Santa Catarina. A ordem das duas primeiras posições se inverte no que se refere à quantidade de mortes (BR-116 com 649, e BR-101 com 615).

O veículo mais envolvido em acidentes com vítimas é o automóvel (64,6%), seguido de motos (44,4%) e de caminhões (23,4%).

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

publicidade