nsc

publicidade

Prevenção

Santa Catarina recebe R$ 6 milhões para investir no combate ao sarampo 

Verba do Ministério da Saúde foi distribuída de acordo com o tamanho e população de cada município 

21/10/2019 - 10h13 - Atualizada em: 21/10/2019 - 11h25

Compartilhe

Por Camila Levien
(Foto: )

Os 295 municípios de Santa Catarina receberam R$ R$ 6.910.553,00 para investir na vacinação e combater o sarampo. No Estado 14 municípios irão receber mais de 100 milhões de reais cada, sendo o maior repasse enviado a Joinville, R$ 569.645,00. O Ministério da Saúde declarou que o dinheiro já foi repassado para os fundos municipais de saúde e que o cálculo do valor foi feito de acordo com o tamanho da população de cada cidade.

Ao todo no país, o governo federal enviou R$ 130 milhões aos estados, valor equivalente a metade da verba de R$ 206 milhões criada na última quarta-feira (16) para incentivar os municípios brasileiros a vacinar em massa crianças entre seis meses e cinco anos de idade.

Entretanto, a segunda parte do repasse terá outros critérios: só será liberada para aqueles que alcançarem 95% de cobertura vacinal da primeira dose da tríplice viral em crianças de um ano. Já aqueles que conseguirem chegar perto da meta, entre 90% e 94,9% receberão 75% do incentivo federal. Além deste critério, será necessário que as prefeituras informem ao Ministério e a Secretaria Estadual de Saúde o estoque das vacinas de poliomielite, tríplice e pentavalente guardadas nas unidades de saúde.

Segundo o MS a apuração de quem cumpriu as duas metas será realizada a partir de 2 de dezembro de 2019, após o encerramento da segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, em 30 de novembro.

Municípios com repasse acima de R$ 100 mil :

Joinville - R$ 569.645,00

Florianópolis - R$ 477.798,00

Blumenau - R$ 343.715,00

São José - R$ 236.029,00

Chapecó - R$ 209.553,00

Criciúma - R$ 209.153,00

Itajaí - R$ 208.958,00

Jaraguá do Sul - R$ 167.300,00

Palhoça - R$ 161.395,00

Lages - R$ 158.620,00

Balneário Camboriú - R$ 131.727,00

Brusque - R$ 125.810,00

Tubarão - R$ 103.674,00

Vacinação em SC

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (Dive/SC), afirma que desde o início da campanha contra o sarampo, no dia 7 de outubro, até o dia 16, 44,5 mil crianças já compareceram aos postos de saúde para atualizar a caderneta de vacinação. Dessas, 14.110 (31,66%) precisaram tomar a vacina, as outras estavam com as doses em dia.

Os melhores resultados estão nas crianças de dois anos, 89% delas já estavam imunizadas. O oposto foi registrado no grupo mais suscetível a doença, os bebês de 6 a 11 meses idade registraram os piores resultados, apenas 30% deles já haviam recebido as doses da vacina anteriormente.

O Ministério da Saúde calcula que aproximadamente 69 mil crianças com idades entre 6 meses e 5 anos incompletos precisam ser vacinadas contra o sarampo em Santa Catarina. O SUS oferece três tipos de vacina que imunizam contra o sarampo, cabe ao profissional de saúde aplicar a vacina adequada para cada pessoa, de acordo com a idade ou situação epidemiológica, são elas:

Dupla viral - Protege do vírus do sarampo e da rubéola. Pode ser utilizada para o bloqueio vacinal em situação de surto;

Tríplice viral - Protege do vírus do sarampo, caxumba e rubéola;

Tetra viral - Protege do vírus do sarampo, caxumba, rubéola e varicela (catapora).

Deixe seu comentário:

publicidade