nsc
dc

BALANÇO ESTADUAL

Santa Catarina tem 63 mortes por coronavírus e mais de 3 mil casos confirmados, atualiza o Estado

Novos quatro óbitos ocorreram no Vale do Itajaí, no Oeste de SC e no Sul catarinense 

07/05/2020 - 17h55 - Atualizada em: 08/05/2020 - 08h01

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
coletiva de imprensa governo de SC sobre coronavírus
Atualização dos números de coronavírus, novas ações para o Oeste de SC e estiagem foram tratados em coletiva de imprensa
(Foto: )

O número de pacientes que foram diagnosticados com coronavírus em Santa Catarina desde o início da pandemia supera a marca de 3 mil pessoas nesta quinta-feira (7). São 3.082 casos confirmados em todo o território catarinense, 165 a mais do que no dia anterior. O número de mortes também aumentou. Pela primeira vez, o governo do Estado contabilizou quatro óbitos em 24h, segundo atualização feita no final desta tarde. Com isso, o número de pessoas que perderam a vida por causa da doença, sobe para 63.

> Em site especial, tudo sobre o novo coronavírus

As mortes com confirmações mais recentes são de três homens e de uma mulher. Um deles tinha 60 anos e era morador de Sombrio, no Sul de SC. O óbito havia ocorrido ainda em 30 de abril, mas o resultado saiu apenas nesta quinta. O outro tinha 84 anos e era de Caçador, no Oeste catarinense e o terceiro tinha 57 anos e residia em Indaial, no Vale do Itajaí. A mulher, tinha 79 anos e morava em Blumenau, também no Vale. Os quatro apresentavam comorbidades.

E, apesar de quatro novos óbitos, a taxa de letalidade no estado reduziu para 1.91%, informou o governador Carlos Moisés da Silva (PSL).

- Tivemos grandes avanços em Santa Catarina, porque conseguimos achatar nossa curva. Nós estamos mantendo a taxa de letalidade baixa e o índice de transmissibilidade também é baixo. Conseguimos isso, com uma série de imposições restritivas, mas que contou com a colaboração de todos os catarinenses. Todos nós temos muita responsabilidade nesse momento - disse.

Em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estão hospitalizados 119 pacientes, entre as redes pública e privada. Desses, 65 fazem uso de ventilação mecânica. Confirmados para a Covid-19, há 62 pessoas e outras 57 aguardam resultados, atualizou o secretário de Saúde, André Motta Ribeiro. A ocupação de UTIs reservadas para pessoas com infecção por coronavírus no Sistema Único de Saúde (SUS) é de 17,1%. Desde o início da pandemia, 243 pacientes tiveram alta da UTI para leitos de enfermaria.

Surto e restrições no Oeste de SC

O governo de Santa Catarina anunciou novas medidas para as regiões do Oeste catarinense, devido ao alto contágio da Covid-19 em moradores do Meio-Oeste e do Extremo-Oeste de SC nos últimos dias.

Entre as recomendações do governo, está que o comércio não essencial seja fechado por 14 dias nas cidades da região, assim como os serviços públicos não essenciais, entre outras medidas que foram acordadas entre os municípios e o Estado, em reunião na tarde desta quinta-feira (7), e anunciadas pelo secretário de Saúde, André Motta Ribeiro durante a transmissão ao vivo.

- Com a chegada do frio e outras condições que se somaram, algumas regiões ficam mais comprometidas. O quantitativo de casos aumentou significativamente nessa parte do estado (Oeste). Orientações já foram repassadas às regiões com maior contaminação. Algumas regiões começam a sofrer um pouco mais agora. Sabíamos desde o início que essa pandemia viria em ondas e agora está chegando nessas regiões - disse.

Bebê de quatro meses é diagnosticado com coronavírus no Oeste de SC

Mesmo que os leitos de terapia intensiva ainda estejam suprindo a necessidade, o governo considera o quantitativo de pessoas contaminadas no Oeste de SC "considerável", o que motivou as restrições mais drásticas naquela região:

- Precisa manter regramentos para que não se perca o controle. Algumas questões voltam a regredir um pouquinho, para que a gente segure a velocidade de transmissão desse vírus - disse Ribeiro.

Veja as cidades com mortes por Covid-19 em SC

Colunistas