nsc
    hora_de_sc

    Folia adiada

    São Paulo adia Carnaval 2021 por causa do coronavírus

    decisão foi anunciada pelo prefeito Bruno Covas nesta sexta-feira

    24/07/2020 - 12h30 - Atualizada em: 24/07/2020 - 12h42

    Compartilhe

    Por Folhapress
    Carnaval 2021 em São Paulo só deve ocorrer em maio por causa da pandemia
    Carnaval 2021 em São Paulo só deve ocorrer em maio por causa da pandemia
    (Foto: )

    A prefeitura da cidade de São Paulo decidiu adiar o Carnaval 2021 de fevereiro para maio. A decisão foi anunciada pelo prefeito Bruno Covas (PSDB), nesta sexta-feira (24), durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, na zona sul da capital. 

    Segundo Covas, a data específica e definitiva ainda não foi fechada, mas ele acredita que deverá ser entre o final de maio e o começo do mês de junho. O prefeito afirma que seguirá conversando com as agremiações que participam da organização da festa. 

    > Fiscais interrompem festa de turistas de São Paulo e Rio de Janeiro em Balneário Camboriú

    A data é válida tanto para os desfiles das escolas de samba no Sambódromo do Anhembi, na zona norte da cidade de São Paulo, como para o Carnaval de rua que acontece com a presença de blocos em diversos bairros da capital.

    A decisão leva em conta a pandemia do novo Coronavírus que tem impossibilitado, por exemplo, que as escolas de samba organizem ensaios nas quadras ou mesmo iniciem os trabalhos para a produção de fantasias e carros alegóricos. As agremiações costumam começar as atividades que envolvem o Carnaval com quase um ano de antecedência. 

    A mudança foi decidida após um pedido das escolas de samba. Nesta semana, o adiamento já havia sido discutido em um encontro, na segunda-feira (20), entre o presidente da Liga das Escolas de Samba dos Grupos Especial e de Acesso e a prefeitura. Covas afirmou ainda que conversou com os blocos de rua para realizar a alteração da data da festividade na capital paulista.

    > Lindt abre sua primeira loja em Santa Catarina

    > O Veranico de Julho tem o seu último dia em SC

    - Discutimos [na reunião] que não temos condições de fazer o desfile em fevereiro. A proposta é fazer [os desfiles] em maio. Nossa prioridade é a saúde e a segurança de todos os componentes - afirmou à reportagem no início da semana o vice-presidente do Império da Casa Verde, Fabio Leite de Sousa, o Fabinho. 

    Outro motivo para pedir o adiamento é a falta de tempo para as escolas prepararem o Carnaval. Devido à quarentena, algumas ainda não definiram nem o samba-enredo para começar fazer as fantasias e alegorias. 

    > Cometa Neowise pode ser observado no Sul do Brasil

    Covas, na semana passada, já tinha afirmado que não seria possível realizar a festa no ínicio de 2021. Segundo ele, a preocupação não é só com o dia de desfiles no Sambódromo do Anhembi, mas também com os ensaios nas quadras das escolas de samba, que costumam reunir muitas pessoas. 

    O prefeito também anunciou a alteração de outros eventos na capital paulista. Marcha para Jesus, que teve a data alterada para o dia 2 de novembro, não deverá ocorrer de forma presencial. A Parada LGBTQI+, foi adiada para o final de novembro, no dia 29.

    *Por Tayguara Ribeiro

    > Painel do Coronavírus: veja em mapas e gráficos a evolução dos casos em SC

    > O vírus está nas roupas, nos sapatos, no cabelo ou no jornal? Entenda

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas