nsc
    dc

    HOSPITAIS CHEIOS

    SC atinge a taxa mais alta de ocupação de UTIs desde o início da pandemia

    Cinco regiões de saúde em Santa Catarina apresentaram aumento na taxa de ocupação

    03/07/2020 - 05h16

    Compartilhe

    Clarissa
    Por Clarissa Battistella
    Cristian Edel
    Por Cristian Edel Weiss
    Ocupação aumento em leitos de UTI em SC
    Ocupação aumento em leitos de UTI em SC
    (Foto: )

    Com 68% dos leitos públicos de UTI ocupados nesta quinta-feira (2), Santa Catarina chegou ao momento mais crítico nos hospitais desde o início da pandemia do coronavírus. Das 1.316 vagas disponíveis em todo o Estado, 267 estão ocupadas por pacientes de coronavírus, com confirmação ou suspeita da doença, e 629 por pessoas que sofrem com outras enfermidades. Outros 420 leitos estão livres. 

    > Confira os detalhes do avanço do coronavírus em SC em um mapa interativo

    Antes disso, a taxa de ocupação mais alta não passou de 67,2% e foi registrada duas vezes nesta mesma semana, nos dias 28 de junho, quando também houve um número alto de mortes por coronavírus no Estado, e em 1º de julho, quando estavam hospitalizados 262 por Covid-19 e 622 por outras doenças.

    O levantamento da NSC é baseado em dados oficiais divulgados diariamente pelo governo do Estado, via Secretaria de Estado de Saúde. Os números são os mesmos encaminhados diariamente ao Ministério da Saúde.

    > Mais de 80% de SC segue em risco grave ou gravíssimo para coronavírus; veja situação de cada região

    Da quarta (1º) para a quinta-feira (2), ao menos cinco novos pacientes deram entrada nos leitos reservados para tratamento do novo coronavírus e outros sete pessoas foram hospitalizadas por outras enfermidades, também em UTI. As internações por outras doenças, conforme mostram os gráficos, crescem justamente no período em que o frio mais rigoroso chega ao Estado elevando a incidência de complicações respiratórias. 

     > Volta às aulas em SC: protocolo de segurança é definido pelo MEC

    Região de Itajaí é crítica

    Das sete regiões de saúde em Santa Catarina, cinco apresentaram aumento na taxa de ocupação de um dia para o outro. É o caso do Vale do Itajaí, de Foz do Rio Itajaí, do Planalto Norte, do Sul e do Meio Oeste e Serra. Outras duas, apresentaram queda nos números.

    A região mais crítica é a de Itajaí, onde há 120 leitos. Na quarta-feira, 42 leitos estavam ocupados por pacientes com covid-19 e 54, por pacientes com outras doenças. Na quinta, subiu para 44 o número de pessoas hospitalizadas por consequência do coronavírus e para 56 o de pacientes com outras enfermidades. 

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas