Santa Catarina tem a segunda maior atuação das empresas do setor imobiliário, segundo a pesquisa “O que o empreendedor imobiliário espera do mercado em 2024?”, desenvolvida pelo Grupo Prospecta em parceria com o Sienge, solução da Softplan. Com 11% das companhias, o Estado só fica atrás de São Paulo (19%).

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Desenvolvida entre 29 de novembro de 2023 e 3 de janeiro de 2024, a pesquisa entrevistou 250 profissionais de construtoras, incorporadoras, loteamento e desenvolvimento urbano, além de arquitetos, proprietários de terreno, fornecedores de materiais e profissionais do mercado financeiro.

O estudo também identificou algumas particularidades em relação aos nichos do mercado imobiliário. No segmento de intermediação, 46% dos profissionais e empresas entrevistados atuam na região Sul, com destaque para o estado de Santa Catarina. Desse total, 54% têm o objetivo de prospectar negócios na região Sul em 2024.

Entre os proprietários de terreno, 46% já atuam no Sul. Dentre eles, 43% buscam continuar prospectando e investindo em novos negócios na região.

Continua depois da publicidade

Já entre as regiões com maior volume de investimentos no mercado imobiliário em 2023, o Sudeste lidera com 39%, seguido pela região Sul, com 26% dos investimentos.

— O ramo imobiliário no Sul tem uma atuação consolidada e abrangente. A estabilidade econômica, a boa infraestrutura e, sobretudo, o desenvolvimento industrial de nossa região são grandes atrativos para o setor — destaca o Diretor Executivo do Sienge, Cristiano Gregorius.

Perspectivas do mercado imobiliário para 2024

Dos 250 profissionais, 48% acreditam que o mercado imobiliário está em retomada lenta. A pesquisa mostrou ainda que 43% dos entrevistados prevê uma aceleração da retomada durante o ano.

A análise aponta que o programa Minha Casa Minha Vida será o nicho de mercado mais potencializado do ano para 52% dos profissionais do setor imobiliário. Em seguida estão as residências verticais (18%), a área de loteamento (7%), a compra da 2ª residência (6%) e o desenvolvimento de comunidades planejadas (5%).

Continua depois da publicidade

Há também uma grande intenção de investir no segmento: 89% pretendem empreender ou realizar novos investimentos em 2024 – com 49% planejando empreender na área de residência vertical, 10% em loteamento e 8% no nicho de casas e residencial horizontal.

Publicidade

Além de muita informação relevante, o NSC Total e os outros veículos líderes de audiência da NSC são uma excelente ferramenta de comunicação para as marcas que querem crescer e conquistar mais clientes. Acompanhe as novidades e saiba como alavancar as suas vendas em Negócios SC

Leia também

Vendas em alta e atração por cidades não litorâneas animam mercado imobiliário de SC para 2024

Arrecadação de SC tem alta histórica e soma R$ 4,5 bilhões em um único mês

Conheça as praias de SC famosas em todo o Brasil

Destaques do NSC Total