O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) publicou, na manhã desta terça-feira (12), um alerta laranja de perigo devido a uma nova onda de calor no país. No total, serão atingidas 16 unidades da federação, incluindo Santa Catarina.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O aviso do Inmet vale a partir do meio-dia de quinta-feira (14), até as 19h de domingo (17). O alerta laranja é um aviso intermediário de uma escala de riscos que varia de amarelo ao vermelho, e indica situação meteorológica perigosa, quando as pessoas devem se manter vigilantes e informadas regularmente sobre as condições meteorológicas.

inmet
Instituto Nacional de Meteorologia divulgou “alerta laranja” para calor no Brasil (Reprodução/Inmet)

Conforme a Defesa Civil de Santa Catarina, as temperaturas devem ficar entre 2,5°C e 5°C acima da média no Estado, com os maiores desvios ocorrendo nas áreas próximas ao Rio Grande do Sul. Para a Epagri/Ciram, porém, não há previsão de que o Estado sofra uma “onda de calor” — que é quando a temperatura máxima do dia registra 5°C acima da média daquela localidade, por um período de três a cinco dias.

— A gente tem sim, temperaturas elevadas, como a gente está tendo hoje [terça, 12], por exemplo, mas dentro da média da temperatura máxima — pontua Marcelo Martins, meteorologista da Epagri.

Continua depois da publicidade

Fluxo de ar quente

Conforme a Defesa Civil, as maiores temperaturas devem ser registradas entre sexta-feira (15) e domingo (17), quando um fluxo de ar quente do Norte do país se intensifica sobre o Estado. Neste período, as temperaturas máximas variam de 35°C a 39°C em áreas do Extremo Oeste e Litoral Sul, e de 28°C a 34°C nas demais regiões. 

Além disso, entre quinta e domingo, a combinação de calor e umidade favorecem, a partir do período da tarde, a formação de pancadas de chuva e temporais isolados pelo Estado, típicos de verão.

As temperaturas descem a partir da semana que vem, com a aproximação e passagem de uma frente fria que favorece a ocorrência de pancadas de chuva e temporais. A passagem desse sistema também deve interromper a sequência de dias mais quentes, com a redução das temperaturas em todas as regiões. 

Continua depois da publicidade

A previsão do Inmet aponta que, já nesta terça-feira, a umidade relativa do ar deverá ficar em torno de 30% no Sul do Brasil.

A sensação térmica muito alta também pode provocar riscos à saúde, como insolação em diferentes graus. Os mais vulneráveis e que precisam de mais atenção são pessoas idosas, bebês e crianças, gestantes e portadores de doenças crônicas, como problemas renais, cardíacos, respiratórios ou de circulação; além da população em situação de rua.

Leia também

Semana terá ciclone extratropical, chuva e calor acima de 30°C em Santa Catarina

SC é o Estado com maior incidência de câncer de pele do Brasil; saiba como se prevenir

Crise climática deve trazer mais calor, chuvas e aumento do nível do mar a SC

Destaques do NSC Total