nsc
dc

Atendimento

SC tem mais de 90% dos leitos de UTI ocupados há três meses

Governo do Estado informou que 98 leitos foram abertos em 30 dias para amenizar a crise

26/07/2022 - 05h00 - Atualizada em: 26/07/2022 - 10h49

Compartilhe

Gabriela
Por Gabriela Ferrarez
Nesta segunda-feira (25), 94,5% dos leitos de UTI estavam ocupados
Nesta segunda-feira (25), 94,5% dos leitos de UTI estavam ocupados
(Foto: )

Há três meses, Santa Catarina registra percentual de ocupação de leitos de UTI acima de 90% e sobrecarga no sistema de saúde, principalmente no setor de tratamento intensivo de crianças. Dados do Painel do Coronavírus do NSC Total, abastecido com estatísticas da Secretária de Estado da Saúde (SES), mostram que desde 5 de maio a taxa não baixa de 90%. Em 6 de junho, chegou ao seu percentual mais elevado: 98,4%.

​​Receba notícias do DC via Telegram

Nesta segunda-feira (25), o governo de SC anunciou que nos últimos 30 dias foram abertos 98 leitos para combater a sobrecarga. Conforme o Estado, destes, 75 são neonatais e pediátricos: 27 de UTI pediátrica, 28 de UTI neonatal, 15 de cuidados intermediários pediátricos e cinco de cuidados intermediários neonatal.

O foco na oferta para crianças e bebês ocorre em função da crise que Santa Catarina enfrenta desde maio. Nesse período, uma bebê de dois meses e uma criança de dois anos morreram à espera de um leito de UTI em Florianópolis. Para amenizar a crise, por exemplo, o governo instalou barracas e contêineres no Hospital Infantil Joana de Gusmão, na Capital, para atender casos de menor complexidade que representam 50% das crianças atendidas na unidade.

Nesta segunda-feira (25), 94,5% dos leitos de UTI estavam ocupados, com a região Oeste sendo a única 100% ocupada. Em termos gerais, a última vez em que Santa Catarina atingiu esse índice foi em 4 de julho, há 21 dias. Entre leitos pediátricos e neonatais, 93,6% estão ocupados.

No entanto, a vacinação de crianças de três e quatro anos contra a Covid-19 anda a passos lentos em Santa Catarina. Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES), até esta segunda-feira (25), apenas 524 menores foram imunizados. Segundo o próprio Estado, cerca de 200 mil crianças desta idade devem ser vacinadas. Com o número baixo de imunização até agora, a estimativa é que somente 0,26% do público recebeu a vacina.

Leia também

Varíola dos macacos: epidemiologista de SC faz comparações com outras doenças preocupantes

Astronauta publica foto de Florianópolis vista do espaço: “E aí, qual é sua praia?”

PEC Kamikaze vai injetar ao menos R$ 35 milhões na economia de SC com aumento de benefícios

Colunistas