nsc
dc

Atualização

SC vacinou contra a covid 35% da população prioritária com ao menos uma dose em 100 dias de campanha

Entre os vacinados com duas doses, índice é de 19%. São necessárias duas aplicações para se proteger do coronavírus

29/04/2021 - 05h20 - Atualizada em: 29/04/2021 - 06h07

Compartilhe

Cristian Edel
Por Cristian Edel Weiss
Idosos formam o grupo mais adiantado na vacinação em SC
Mais de 1 milhão de pessoas já receberam a primeira dose, metade delas recebeu as duas vacinas
(Foto: )

Nos primeiros 100 dias de vacinação contra a Covid-19 em Santa Catarina, completados nessa quarta-feira (28), 35,9% dos integrantes dos grupos prioritários receberam ao menos uma dose da vacina. Foram 1.040.714 parcialmente imunizados, conforme o balanço mais recente da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de SC (Dive). Desses, 555.512 receberam a segunda dose, o que corresponde a 19,16% das pessoas com prioridade na imunização.

> Calendário da vacina: veja dados da vacinação em cada município de SC no Monitor da Vacina

> Mapa Covid de SC hoje: veja em mapa e dados por cidade como está a situação da pandemia

Os grupos prioritários correspondem a 2.898.763 pessoas, conforme o Plano Estadual de Imunização. Para se proteger das formas mais graves da covid-19, são necessárias duas doses da vacina. Além disso, é recomendável aguardar em torno de 30 dias para se considerar protegido contra os efeitos do coronavírus.

São 27 grupos prioritários previstos no plano estadual. Conforme orientação do Ministério da Saúde, apenas quando a imunização desses indivíduos estiver avançada a campanha de vacinação poderá abranger outros perfis de pessoas.

SC confirma mais 88 mortes por covid-19

Total de novas doses aplicadas a cada balanço divulgado pela Dive

Ao considerar a população total de Santa Catarina, de pouco mais de 7,2 milhões, a quantidade de pessoas que tomaram pelo menos a primeira dose corresponde a 14,35%. Já as que receberam duas doses representam 7,66%. O índice de pessoas totalmente imunizadas em Santa Catarina é de 76,6 para cada mil moradores, o quinto do país, atrás de São Paulo, Paraná, Distrito Federal e Rio Grande do Sul.

Vacina contra Covid-19: SC vai receber mais 218,5 mil doses nesta quinta-feira

Até o momento, receberam vacina pessoas a partir dos 60 anos que vivem em instituições, pessoas com deficiência que frequentam instituições, indígenas, profissionais da saúde, quilombolas, integrantes de Forças Armadas, de segurança e salvamento, além de indivíduos com mais de 60 anos. 

Cai proporção de idosos mortos por Covid-19 em SC após início da vacinação

Idosos tiveram maior avanço na aplicação da segunda dose

Os idosos são os que mais avançaram no recebimento de duas doses, principalmente os que vivem em instituições e os das faixas etárias de 75 a 79 anos e 70 a 74 anos, entre os quais mais de 80% estão completamente imunizados.

Das 1.831.690 doses de vacina enviadas pelo Ministério da Saúde, 87,14% já foram aplicadas. O Estado vai receber mais 218,5 mil doses nesta quinta-feira, dos consórcios Fiocruz/Astrazeneca e Butantan/Coronavac. Na próxima semana, municípios da Grande Florianópolis também receberão 17,5 mil doses da Pfizer, as primeiras do laboratório em Santa Catarina.

Com ritmo atual, grupo prioritário poderia ser totalmente vacinado até meados de agosto

Nos últimos 7 dias, os municípios aplicaram uma média de 38,4 mil doses diárias em todo o Estado. O ritmo em abril é até 7 vezes maior do que o registrado no início da vacinação, em janeiro e fevereiro. 

Se mantiver esse ritmo constante, a tendência é que o Estado consiga concluir a aplicação das duas doses necessárias da vacina em todos os integrantes dos grupos prioritários até 15 de agosto deste ano. O cálculo é estimado pelo Monitor da Vacina, do NSC Total, com base na média móvel dos últimos sete dias de vacinação.

Já se fosse para vacinar toda a população de Santa Catarina, com o ritmo atual ainda levaria tempo. Para que os mais de 7,2 milhões de habitantes tomassem duas doses, a campanha se estenderia até janeiro do ano que vem, conforme o Monitor da Vacina.

Acompanhe o avanço da vacinação no Monitor da Vacina

No ar desde 20 de janeiro, o Monitor da Vacina, do NSC Total, reúne detalhes em mapas e gráficos sobre o avanço da imunização em Santa Catarina e o estágio da vacinação pelo mundo.

A página reúne estimativas sobre o avanço da campanha em cada município, cruzamento de dados que mostram a taxa de aplicação das vacinas recebidas em cada região e detalhes sobre a população de cada grupo prioritário atendida pela campanha.

O Monitor da Vacina é atualizado três vezes por semana ou conforme novos dados são divulgados pelo Ministério da Saúde e Diretoria de Vigilância Epidemiológica de SC. A página pode ser acessada neste link.

Colunistas