nsc
santa

colapso na saúde

Sem vagas em UTI, hospital de Timbó anuncia colapso

Todos os 30 leitos estão ocupados

04/12/2020 - 14h46 - Atualizada em: 04/12/2020 - 14h52

Compartilhe

Brenda
Por Brenda Bittencourt
Hospital Oase entra em colapso devido ao coronavírus
Hospital Oase entra em colapso devido ao coronavírus
(Foto: )

Todos os 30 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o tratamento dos infectados com a Covid-19 do Hospital e Maternidade Oase, de Timbó, no Médio Vale do Itajaí, estão ocupados. Com este número, a direção anunciou por meio de nota oficial o colapso do atendimento na unidade.

> Clique aqui e receba todas as notícias do Vale do Itajaí no seu WhatsApp.

De acordo com o texto divulgado pelo hospital, o número de vagas inclui, também, a estrutura montada para atender os municípios vizinhos. A unidade enfrenta ainda o desfalque da equipe médica, que teve mais de 30 colaboradores afastados por conta da doença. No texto, o Oase diz que "chegou a um momento difícil em razão da pandemia" e faz um apelo pela conscientização da população.

"Em nome das vidas que ainda podem ser salvas, pedimos que as pessoas se conscientizem, respeitem os protocolos e que procurem os hospitais realmente em caso de necessidade, porque pelo grande acúmulo de pessoas junto aos hospitais, também nos tornamos um vetor de transmissão".

Além do Hospital Oase, que confirma a saturação da operação por conta de internações e afastamentos de profissionais da saúde, a direção do Hospital Dom Bosco, de Rio dos Cedros, também assinou a nota confirmando as dificuldades — tanto pela falta de leitos para a internação quanto pela falta de colaboradores.

> Mapa do vírus em Santa Catarina

Situação no Vale do Itajaí

Hoje existem apenas 20 leitos de UTI disponíveis em todo o Médio e Alto Vale do Itajaí para tratar pacientes com a doença. De acordo com o último boletim divulgado pela Secretária do Estado da Saúde (SES), na última quinta-feira (3), 110 deles leitos de terapia intensiva estão ocupados. 

A taxa de ocupação já chega a 91,2%, sendo que destes, 48,5% por pacientes que contraíram o coronavírus. Os outros 42,7% estão sendo ocupados por pessoas com outras enfermidades.

A região do Vale do Itajaí já tem 55.427 infectados com a doença e contabilizou 1.085 mortes até a última divulgação do boletim do coronavírus divulgado pela SES, na quinta-feira.

Colunistas