A eleição presidencial da Argentina será decidida no segundo turno, a ser realizado no dia 19 de novembro. Com 85% dos votos apurados até o momento, o candidato Sergio Massa (Unión por la Patria) está em primeiro lugar, com 36%. Ele vai disputar a cadeira presidencial com o ultraliberal de direita Javier Milei (Libertad Avanza).

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Eleições presidenciais da Argentina devem mobilizar 1,5 mil eleitores em SC

A eleição realizada neste domingo (22/10) registrou a maior abstenção em eleições presidenciais desde 1983, quando houve a redemocratização no país. Segundo informações da Direção Nacional Eleitoral, 74% do eleitorado apto a votar compareceu às urnas. Em 2019, 80% dos eleitores foram às urnas para escolher o presidente.

Leia mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total.

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total