A prefeitura de São Francisco do Sul vai investigar denúncias de que que servidores da Secretaria de Esportes utilizaram um veículo oficial para viagem pessoal a São Paulo. O caso teria acontecido em fevereiro deste ano. 

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Joinville e região no WhatsApp

Por meio de nota oficial, a prefeitura disse vai averiguar as possíveis “práticas incompatíveis com os princípios da boa administração pública”. No caso, servidores da pasta e familiares são denunciados por descaracterizarem o veículo e viajarem até Aparecida (SP), sem agenda do município, já que o compromisso não era público.

Na manhã de segunda-feira (1º), o prefeito Godofredo Gomes Moreira Filho (MDB), encaminhou um pedido de informações para os servidores. Eles têm até 48 horas para se manifestarem. 

Continua depois da publicidade

Ainda na nota, a prefeitura diz que “reitera seu compromisso com a transparência e a idoneidade, e ressalta que não compactua com abusos e atos que estejam em desacordo com os compromissos assumidos pela gestão municipal diante da população”.

Em março de 2023, o perfil da secretaria de Esportes chegou a publicar nas redes sociais a entrega do veículo. Na legenda, se cita que “foi entregue uma Mercedes-Benz Sprinter de 21 lugares, para a secretaria, a fim de melhorar os serviços ofertados à população, transportando especialmente atletas em competições dentro e fora da cidade”. Esse mesmo veículo teria sido o utilizado na viagem pessoal do grupo a São Paulo. 

Veja a nota completa da prefeitura de São Francisco do Sul

Nota à imprensa: abertura de apuração interna

A Prefeitura de São Francisco do Sul informa que, a partir das informações publicadas em veículo de comunicação da cidade, o prefeito Godofredo Gomes Moreira Filho abrirá uma apuração interna sobre a conduta dos servidores públicos vinculados a Secretaria de Esportes do município.

Continua depois da publicidade

A investigação se deu após o conhecimento por parte do Executivo Municipal de possíveis práticas incompatíveis com os princípios da boa administração pública, como o uso indevido de equipamentos públicos. Na manhã desta segunda-feira (1º), o chefe do Executivo encaminhou um pedido de informações para os envolvidos concedendo prazo de 48 horas para manifestações.

O município reitera seu compromisso com a transparência e a idoneidade, e ressalta que não compactua com abusos e atos que estejam em desacordo com os compromissos assumidos pela gestão municipal diante da população.

A Prefeitura Municipal se coloca à disposição para prestar esclarecimentos aos munícipes e a imprensa sobre o caso. Demais informações sobre o andamento da apuração interna serão divulgadas oportunamente”.

Leia também

Homem é atacado a facadas e morre após briga causada por rede de pesca em SC

Vinhos e azeite de oliva da Argentina são apreendidos com idoso em carro de luxo em SC

Ministério Público vai investigar hospital após morte de menina de 4 anos por dengue em SC

Destaques do NSC Total