nsc
    dc

    Economia

    Setor de serviços tem terceiro mês consecutivo de recuperação em SC, diz IBGE

    Estado teve alta de 3,1% na comparação com o mês anterior, segundo IBGE; desempenho que ajuda a recuperar perdas de março e abril, causadas pelo coronavírus

    11/09/2020 - 15h34

    Compartilhe

    Jean
    Por Jean Laurindo
    Setor de serviços experimenta recuperação nos últimos três últimos após queda causada pela pandemia
    Setor de serviços experimenta recuperação nos últimos três últimos após queda causada pela pandemia
    (Foto: )

    Santa Catarina registrou o terceiro mês consecutivo de recuperação no setor de serviços. Em julho, o Estado teve aumento de 3,1% em comparação com o mês anterior. Em maio, o segmento havia experimentado alta de 7,3% e, em junho, de 4,5%.

    > Vendas do comércio crescem 5,2% de junho para julho, diz IBGE

    Os três meses seguidos de alta ajudam a recuperar o desempenho após as altas quedas de março (-7%) e abril (-14,3%), fortemente impactadas pela crise do novo coronavírus. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada nesta sexta-feira (11) pelo IBGE.

    Em todo o país, a recuperação em julho foi ligeiramente menor que no Estado, fechando em 2,6%.

    No acumulado do ano, Santa Catarina terminou julho com queda de 8,4% no volume de serviços, uma melhora em relação ao resultado de 8,6% que SC ostentava ao final de maio e junho. No país, a variação acumulada até o fim de julho é de -8,9%.

    > Alimentos e gasolina puxam inflação em agosto para 0,24%, conforme IBGE

    Serviços às famílias têm maior queda acumulada no ano

    O segmento de maior queda acumulada no volume de serviços em SC foi o de "Serviços prestados às famílias", com -27,8%. Apesar do número expressivo, a queda foi a menor do país.

    Os "Serviços de informação e comunicação" acumulam variação de -9,2% em 2020. Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio, de -5,8%. Serviços profissionais, administrativos e complementares (-1,6%) e outros serviços (-0,6%) acumulam quedas menos abruptas.

    > Cesta básica em Florianópolis é a segunda mais cara entre capitais, aponta pesquisa

    Turismo de SC teve redução em julho, mas tem menor variação acumulada

    O levantamento de atividades turísticas, que reúne 12 Estados do país, mostrou uma queda de -4,8% no turismo de Santa Catarina em julho. O desempenho só nao foi pior que o do Ceará, que teve retração de -23% neste setor. Nove dos 12 estados pesquisados tiveram variação positiva nesta atividade. Junho, vale lembrar, foi um mês crítico da pandemia em SC, enquanto outras regiões já iniciavam períodos com menos casos do novo coronavírus.

    No acumulado do ano, no entanto, SC tem a menor queda acumulada no turismo, com variação de -31,2% - a taxa nacional aponta -37,9%. Essa queda nacional foi pressionada por atividades como restaurantes, transporte aéreo, hotéis, transporte rodoviário de passageiros e outros.

    > Ministra diz que não vai faltar arroz; preço do cereal segue alto no país

    * Com informações da assessoria de imprensa do IBGE

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Política

    Colunistas