nsc
dc

Coronavírus

SUS deve ter primeiro remédio para casos leves de Covid em até seis meses

Indicação do remédio ainda é para casos com alto risco de complicação

09/05/2022 - 07h23

Compartilhe

Por Paulo Batistella
SUS já havia incorporado uma outra medicação, mas para casos mais graves
SUS já havia incorporado uma outra medicação, mas para casos mais graves
(Foto: )

O governo federal aprovou, pela primeira vez, a entrada no Sistema Único de Saúde (SUS) de um tratamento para Covid-19 dedicado também para casos leves da doença. A medicação estará disponível na rede pública em até 180 dias.

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Trata-se de medicamento composto pelos antivirais nirmatrelvir e ritonavir. Ele será usado até para casos moderados, desde que apresentem alto risco de complicação. Por ora, a indicação é apenas para adultos imunocomprometidos com idade a partir de 65 anos.

O tratamento também vai exigir teste positivo para o coronavírus e início em até cinco dias após o surgimento dos sintomas. A incorporação ao SUS foi confirmada pelo Ministério da Saúde na sexta (6), um dia após receber recomendação da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec).

No início de abril, a rede pública já havia aprovado a entrada de um outro tratamento, com barictinibe, mas sem indicação para casos leves. A medicação é voltada para adultos hospitalizados que necessitem de oxigênio por máscara ou cateter nasal.

Leia mais

Estudo eleva em 18% o número de mortes por Covid no Brasil em 2020

Sobe para 26 o número de mortes por dengue em SC

Falta de medicamentos essenciais em hospitais deixa SC em alerta

Colunistas