nsc
dc

Mercado de trabalho

Taxa de desemprego em SC cai para 4,3% e segue como a menor do país

Dados são referentes ao último trimestre de 2021 e foram divulgados nesta quinta-feira pelo IBGE

24/02/2022 - 13h00

Compartilhe

Jean
Por Jean Laurindo
Carteira de trabalho
Taxa de desemprego de SC caiu um ponto percentual no último trimestre de 2021
(Foto: )

Santa Catarina voltou a registrar queda na taxa de desemprego. O índice passou de 5,3% no terceiro trimestre de 2021 para 4,3% no trimestre encerrado em dezembro, que teve os dados divulgados nesta quinta-feira (24) pelo IBGE. Com isso, o Estado manteve o menor indicador de desemprego do país. 

No momento de mais restrições econômicas por causa da pandemia de Covid-19, o segundo trimestre de 2020, a taxa de desemprego de SC chegou a 6,9%. No Brasil, a taxa registrada no último trimestre do ano passado foi de 11,1% - mais que o dobro do percentual de SC.

Concursos públicos em SC: veja vagas abertas em fevereiro, salários e como se inscrever

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Os dados do IBGE também indicam que o Estado tem o maior percentual de trabalhadores do setor privado com carteira assinada: 87,9%. Nacionalmente, essa taxa é de 73,5%.

— Santa Catarina tem hoje a sua menor taxa de desemprego em muitos anos. Isso é fruto da resiliência do setor produtivo e da segurança jurídica para se investir aqui. O Governo do Estado tem atuado lado a lado com os empreendedores, especialmente nesse período de pandemia — afirmou o governador Carlos Moisés, em material de divulgação do Estado.

O levantamento também apontou que SC tem a menor taxa de informalidade no mercado de trabalho. O indicador é considerado importante por assegurar o direito dos trabalhadores e mais segurança a investidores.

Em números, a queda na taxa de desemprego representa um aumento de 230 mil pessoas na população ocupada em SC.

* Com informações da assessoria de imprensa do governo de SC

Leia também

Seis perguntas sobre as eleições 2022 a serem respondidas no próximo mês em SC

Embaixada do Brasil na Ucrânia pede que brasileiros fujam para países vizinhos

Invasão da Rússia na Ucrânia vai afetar negócios com empresas de Santa Catarina

Colunistas