Os serviços do Detran sofreram reajustes, para 2022, de 10,7% devido a inflação do último ano. De acordo com a Secretaria da Fazenda, o aumento no valor das taxas acontece anualmente e depende da inflação do ano anterior. 

Continua depois da publicidade

> Receba as informações de Santa Catarina pelo Whatsapp

Em 2021, a inflação passou de 10% depois de mais de quatro anos. De acordo com a pasta, é possível notar um aumento em relação ao último reajuste devido à essa alta. A mudança é automática e prevista em lei. 

Estão inclusos em serviços do Detran o Certificado de Registro de Veículo Eletrônico (CRV), emplacamento, registro de placa e transferência. Caso a inflação fosse de 5%, por exemplo, o aumento dessas taxas seria em 5%, conforme explicou a secretaria.

> IPVA em Santa Catarina vira polêmica; entenda os valores

Continua depois da publicidade

> Taxa de ocupação de leitos de UTI Covid em SC é a maior em cinco meses

As taxas de IPVA em Santa Catarina são as menores do país, segundo o que informou a pasta ao NSC Total. Esse valor permanece em 2% em cima da tabela FIPE do veículo. Como os carros tiveram uma valorização alta no último ano, o imposto deve ficar mais caro em 2022. 

– Se antes o carro valia R$ 40 mil, agora vale R$ 50 mil, por exemplo. A taxa não mudou, mas 2% em cima de diferentes valores, vai aumentar o imposto – explicou a pasta. 

*Sob supervisão de Raquel Vieira.

Leia também

Calorão tem data para terminar em SC

Caminhoneira e youtuber de SC explica como aconteceu o acidente no MT: “Estava a 40km/h”

Foto de almoço à beira-mar leva à prisão de golpistas em Balneário Camboriú; entenda

Destaques do NSC Total