Se você leu a pergunta do título e logo pensou em museu, pintores europeus, música erudita ou filme cult, pode parar. Arte é muito mais popular do que isso. Está nas feiras de artesanato, no grafite dos muros, nas danças folclóricas e sim, até nas galerias e festivais de teatro, cinema e música. Em Santa Catarina, o cenário é tão rico que virou uma série de vídeos aqui na NSC.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Como diz o arte-educador Vilson André Gonçalves, conhecido nas redes sociais como Tio Virso, “na base do que é arte está o encantamento”. Afinal, a produção artística está muito mais ligada aos sentimentos que desperta do que a técnicas formais e conhecimentos acadêmicos.

Sete praias bonitas para conhecer no Brasil

Historicamente, a arte é um dos jeitos que o ser humano encontrou para se comunicar desde a época das cavernas. As pinturas rupestres preservadas no Costão do Santinho e na Ilha do Campeche, em Florianópolis, são exemplos dessa manifestação que unia a finalidade de contar uma história com a beleza estética.

Continua depois da publicidade

A arte nasceu vinculada à função de comunicar, tanto que os artistas da época eram chamados de artesãos, já que este era simplesmente um ofício. Mais tarde, na Europa, é que ganhou status divino, de contemplação. E aí um tipo de trabalho passou a ter mais valor social do que o outro. O que era nobre foi enquadrado nas Belas Artes, que incluía escultura, pintura, literatura, música, dança e arquitetura. O cinema acabou entrando depois e por isso ficou conhecido como a sétima arte.

Cinco filmes para relembrar a infância

Mas a referência do que é arte muda de acordo com a cultura de cada local. Em Santa Catarina, os povos indígenas e quilombolas se misturaram ao que foi trazido por imigrantes europeus para criar uma identidade única. Até hoje, as manifestações artísticas catarinenses herdam reflexos desta miscigenação.  

Horóscopo: previsão dos signos de 29 de agosto a 04 de setembro de 2022

Para valorizar a riqueza do Estado na música, cinema, dança, teatro, escultura, pintura, fotografia, arte digital e popular, é que nasceu a segunda temporada do projeto Tipo Cultura. Desta vez, a série de dez programetes se intitula “Tipo Arte” e vai ao ar na programação da NSC TV, pincelando fatos marcantes, curiosidades e personagens de destaque na produção artística catarinense.

Veja primeiro episódio da série:

Leia também:

Boteco Zé Mané comemora 11 anos com 11 horas de festa neste sábado

Continua depois da publicidade

Fim de Maiara e Maraísa? Cantora reclama das previsões sobre a dupla

Dez destinos perfeitos para assistir o pôr do sol

Destaques do NSC Total