nsc

Campeonato Catarinense

TJD-SC confirma julgamento de recurso do Hercílio Luz para quinta-feira (13)

Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina irá analisar o caso

10/05/2021 - 21h02

Compartilhe

Kadu
Por Kadu Reis
Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina (TJD-SC)
Tribunal de Justiça Desportiva marca sessão extraordinária do Pleno para quinta-feira (13)
(Foto: )

O Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina (TJD-SC) convocou uma sessão extraordinária para quinta-feira (13) visando a análise do caso Hercílio Luz. O Leão do Sul entrou com recurso no TJD-SC após ser punido com a perda de três pontos no Campeonato Catarinense. O resultado do julgamento no Pleno irá influenciar nas sequências de Chapecoense e Figueirense na competição.

> Quatro em Campo discute sequência de Figueirense x Chapecoense no campo e no Tribunal

Com o recurso impetrado pelo Hercílio Luz, o caso chega ao Pleno do TJD, a segunda instância na esfera estadual da Justiça Desportiva. O Tribunal será formado por nove auditores e comandado pelo presidente da casa, Rodrigo Titericz. Na análise da 4ª comissão disciplinar, que puniu o time hercilista, apenas três auditores votaram e houve divergência de entendimento.

> Clique aqui e receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

A decisão pela perda de três pontos, que alterou a configuração do Campeonato Catarinense, é questionada pelo Hercílio Luz e pela Chapecoense. Com o período de 19 dias entre a irregularidade do clube e a denúncia da procuradoria, as quartas de final foram disputadas e o Verdão do Oeste eliminou o Leão do Sul. Mas, com a punição, o Figueirense se tornou oitavo colocado, com direito a enfrentar a Chape.

> Figueirense vence a Chapecoense e sai na frente no duelo das quartas de final

O julgamento do Pleno irá ocorrer após o jogo de volta entre Figueirense e Chapecoense nas quartas de final do Campeonato Catarinense, marcado para quarta-feira (12). Se a decisão do TJD-SC for de punir o Hercílio Luz, mas sem a perda de pontos, o cenário é revertido. Se o resultado se repetir, a Chape promete levar o caso para o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro.

Leia mais

> "Deixaram a gente sonhar", diz Éverton Santos, capitão do Figueirense

> Roberto Alves: Figueirense jogou como ainda não se tinha visto neste ano

> Figueirense acerta parceira com LA Sports visando a montagem do elenco para a Série C

Colunistas