Um trabalhador de 42 anos teve queimaduras ao levar um choque elétrico durante uma remoção de postes para o avanço das obras na BR-470, em Navegantes, na manhã deste domingo (10). Ele foi intubado e levado ao hospital de Itajaí pelo helicóptero Arcanjo.

Continua depois da publicidade

> Receba notícias do Vale pelo WhatsApp

Os bombeiros militares e voluntários de Navegantes foram acionados por volta das 8h30min. O homem estava consciente, mas com queimaduras de primeiro e segundo grau no peito, braços e rosto. A equipe do helicóptero Arcanjo 03 foi chamada para dar mais agilidade no atendimento. 

Segundo o Tenente Hugo Manfrin Dalossi, apesar do funcionário ter ficado lúcido, esse tipo de paciente pode ter o quadro de saúde agravado rapidamente.

A vítima e outros trabalhadores atuavam no trecho da BR-470 que fica próximo à BR-101. Eles estariam mudando os postes de lugar por conta da obra de duplicação da rodovia que corta o Vale do Itajaí. 

Continua depois da publicidade

Os protocolos de segurança foram seguidos, observaram os bombeiros, mas o cabo de alta tensão (25.000 volts) era manuseado na chamada linha viva quando escapou da mão de um deles. O fio encostou no poste e formou um arco voltaico (bola de fogo energizada), que atingiu o colega.

A equipe médica do Arcanjo deu remédios ao trabalhador, que foi sedado e intubado para preservar as vias aéreas. Ele foi encaminhado ao Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen de Itajaí.

A Celesc informou em nota que o eletricista era terceirizado e prestava serviço para a empresa. “De acordo com o hospital que o atende, seu quadro de saúde é estável. A Celesc apura os motivos do acidente que causou queimaduras no eletricista e acompanha a evolução do caso junto ao hospital”, acrescentou. 

Leia também

Por que Blumenau não para de ganhar na Loteria

Novo milionário de Blumenau retira prêmio da loteria

Assista

Destaques do NSC Total