O alto número de premiados na Loteria neste ano em Blumenau tem deixado muitos apostadores desconfiados. Foram 38 vencedores desde janeiro que, juntos, somam mais de R$ 200 milhões em prêmios. Metade das apostas vitoriosas veio da mesma casa lotérica, no Bairro da Velha.

Continua depois da publicidade

Saiba como receber notícias do DC no Telegram

A coluna questionou a Caixa Econômica Federal, que administra a Loteria, sobre a “maré de sorte” em Blumenau – e se ela causa algum tipo de estranheza. A resposta é não.

A Caixa apela para a Teoria das Probabilidades para dizer por que não considera o excesso de apostas vencedoras em Blumenau uma situação fora da normalidade, ou que mereça ser investigada:

“Pela Teoria das Probabilidades, todos os números possuem a mesma probabilidade de serem sorteados em todos os sorteios, o que torna possível que qualquer pessoa, em qualquer cidade do Brasil, possa ser contemplada em qualquer modalidade de loteria de prognósticos numéricos, dependendo apenas da combinação de dezenas apostadas e do fator sorte do apostador”, informou o banco.

Continua depois da publicidade

De fato, de acordo com os números da Caixa, se forem consideradas as apostas ganhadoras da Mega Sena nos últimos sete anos, desde 2016, parece que Blumenau é de fato favorecida pela sorte. A cidade teve quatro apostas vencedoras de prêmios milionários no período, e é a nona no ranking do país – a única cidade catarinense entre as mais premiadas. São Paulo lidera a lista, com 24 grandes premiados.

O ranking mostra que o critério populacional ajuda, mas não é determinante para o número de prêmios. Curitiba (PR), com 1,9 milhão de habitantes, tem mais apostas vencedoras do que o Rio de Janeiro (RJ), que tem mais que o triplo de população.

Ao longo dos últimos anos, já circularam pelas redes sociais diversas informações falsas sobre supostas fraudes na Mega Sena – nenhuma delas é verdadeira até agora. Os sorteios da Mega Sena são feitos em local aberto e com a presença de público, como forma de transparência. O processo também é auditado.

Ao que tudo indica, o caso de Blumenau é mesmo sorte. 

Receba minhas publicações no NSC Total pelo Whatsapp – https://bit.ly/3PFMHCS

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz – NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Continua depois da publicidade

Leia mais

Combustíveis podem ficar mais baratos porque tributos serão pelo preço dos últimos 60 meses

Mesmo com redução de imposto, leite continua caro em SC; entenda

Sonegadores entram na mira da Fazenda para cobrir rombo bilionário no ICMS

Destaques do NSC Total