Dois trabalhadores morreram soterrados em um silo de grãos em Monte Castelo, no Norte catarinense. Eles tinham 21 e 23 anos e caíram na estrutura na tarde desta segunda-feira (8).

Continua depois da publicidade

Entre na comunidade exclusiva de colunistas do NSC Total

Segundo informações do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), as vítimas estavam soterradas nos grãos de soja armazenados no silo, um deles apenas com um braço para fora. A estrutura onde eles caíram tem cerca de oito metros.

Assim que os bombeiros chegaram, as vítimas já estavam inconscientes. Outros trabalhadores tentavam ajudar. Segundo os operários, a primeira vítima subiu até o topo do silo para tentar desobstruir os grãos e acabou caindo no interior. Em seguida, o outro homem entrou para auxiliar o primeiro, mas também acabou soterrado.

Para retirar os corpos, foi necessário abrir a estrutura de metal por baixo. Uma carreta foi usada para retirar os corpos do silo e trazer até o solo. As mortes foram confirmadas pelos bombeiros.

Continua depois da publicidade

As polícias Civil e Militar foram acionadas. A identidade das vítimas ainda não foi revelada.

Leia também

Contrato de R$ 296 milhões para construção da Ponte Joinville é assinado

Apreensões de animais silvestres aumentam 40% em 2024 e desafiam autoridades em SC

Destaques do NSC Total