nsc
hora_de_sc

Foragida

Travesti presa em Florianópolis tirava fotos de clientes e os extorquia após programas, diz polícia

Ela foi encontrada em um prostíbulo no bairro Capoeiras em Florianópolis na manhã desta quinta-feira (29)

29/04/2021 - 12h24 - Atualizada em: 29/04/2021 - 17h34

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Ela é acusada de extorsão e associação criminosa
Ela é acusada de extorsão e associação criminosa
(Foto: )

Uma travesti investigada por extorquir clientes após programas no Rio de Janeiro foi presa nesta quinta-feira (29) em Florianópolis. Ela estava foragida e foi encontrada em uma casa no bairro Capoeira onde, segundo a polícia, funcionava um prostíbulo. A identidade não foi revelada. As informações são do G1 SC.

> Governo aumenta imposto e força alta da gasolina em Santa Catarina

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

A prisão aconteceu após troca de informações entre a 42ª Delegacia Policial de Recreio dos Bandeirantes e a Diretoria de Inteligência da polícia catarinense. Ela foi levada à penitenciária da Capital e deve ser transferida para o estado fluminense.

Segundo o delegado Paulo Hakim, que participou da prisão, não há informações sobre crimes de extorsão praticados pela suspeita em Santa Catarina.

— Os crimes foram mais ou menos nesse sentido de extorsão com as vítimas. Fazia programas, tirava fotos e pedia dinheiro para não espalhar — afirmou Hakim.

> Shopping Iguatemi muda de nome em Florianópolis

Além de extorsão, ela é acusada de associação criminosa e rufianismo, crime caracterizado por “tirar proveito da prostituição alheia, participando diretamente de seus lucros ou fazendo-se sustentar, no todo ou em parte, por quem a exerça", conforme o artigo 230 do Código Penal.

*Com informaçõe do G1SC.

Leia mais

Governo aumenta imposto e força alta da gasolina em Santa Catarina

Jovem de Blumenau morre ao ser atingido por árvore em Rodeio

Bebês gêmeos ficam feridos e mulher é resgatada presa às ferragens após acidente na BR-116, em Mafra

Colunistas