nsc
santa

Investigação

Denúncias de abuso sexual em creche de Itapema triplicam, diz polícia

Uma força-tarefa de psicólogos policiais foi montada para auxiliar no caso

19/05/2021 - 07h09 - Atualizada em: 19/05/2021 - 09h09

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
Suspeito está foragido da Justiça e creche foi interditada
Suspeito está foragido da Justiça e creche foi interditada
(Foto: )

A quantidade de denúncias de abuso sexual contra crianças dentro de uma creche particular de Itapema triplicou. Até a manhã desta quarta-feira (19) eram 16 Boletins de Ocorrência registrados por familiares de alunos. É três vezes mais em relação ao início da semana, quando a Polícia Civil apurava cinco casos na unidade de ensino.

> Receba notícias do Vale do Itajaí pelo WhatsApp

Uma força-tarefa de psicólogos policiais vai atuar na cidade para auxiliar na apuração e dar suporte às crianças, com idade entre três e cincos anos, bem como aos parentes delas. Todos os familiares já foram ouvidos pelo delegado Aden Claus, que cuida das investigações. 

A creche está interditada por decisão judicial.

O suspeito do crime é o proprietário da unidade. O homem de 25 anos está foragido da Justiça desde segunda-feira (17), quando teve a prisão preventiva decretada. Na oportunidade a polícia esteve na casa dele, mas não o encontroui. Houve uma tentativa de negociação para que ele se entregasse, sem sucesso.

Leia também

Abuso sexual de crianças aumentou na pandemia, diz desembargadora

Pedofilia na internet: denúncias aumentam durante a pandemia

Colunistas