O Caminho de Santiago de Compostela em Florianópolis foi oficializado em uma lei sancionada pelo prefeito Topázio Neto, no dia 10 de outubro. O trecho já fazia parte da rota religiosa desde 2017 e agora poderá ser explorado em novos projetos na cidade.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Com a lei, a prefeitura poderá “firmar parcerias para elaborar regulamentos e estudos necessários para a demarcação geográfica, sinalização, implantação e manutenção, bem como, disponibilizar materiais didáticos objetivando a educação ambiental dos peregrinos e demais usuários do Caminho”.

Caminho de Santiago de Compostela em Florianópolis é oficializado pela prefeitura

O Caminho de Santiago de Compostela é um conjunto de rotas que levam os peregrinos até a Catedral de Santiago de Compostela, na Espanha. A rota original surgiu em 813, ano em que o pastor Pelaio teria sido guiado por uma milagrosa “chuva de estrelas”, que determinava a localização de um túmulo. Desde então, religiosos acreditam se tratar dos restos mortais de São Tiago Maior, apóstolo de Jesus e irmão de São João Evangelista.

Continua depois da publicidade

Conhecida como Caminho Brasileiro, a rota que passa por Florianópolis tem aproximadamente 21 quilômetros de distância e pode ser feita em um dia. Ela é considerada uma etapa complementar ao trajeto espanhol, da cidade de La Coruña até Santiago de Compostela, que tem 80 quilômetros.

Confira histórias de quem fez o Caminho de Santiago de Compostela

— Por consequência, acabamos por incentivar o turismo religioso, ecológico e rural no caminho florianopolitano. O trajeto passa por várias igrejas históricas na região, como Igreja Nossa Senhora de Guadalupe em Canasvieiras, Igreja de São Pedro em Ponta das Canas, Igreja Nossa Senhora dos Navegantes no Santinho e Santuário Sagrado Coração de Jesus nos Ingleses — diz a assessora parlamentar do vereador João Paulo Ferreira, Fernanda Meyer Chraim.

O caminho que não termina em Santiago

Como conseguir o certificado do Caminho de Santiago de Compostela?

Para conseguir o certificado, é necessário percorrer, no mínimo, 100 quilômetros a pé ou a cavalo, ou 200 quilômetros de bicicleta, até a Catedral de Santiago de Compostela, na Espanha, onde estão os restos mortais de São Tiago Maior. Em todo o mundo, existem pelo menos 12 trajetos oficiais.

Para completar a distância exigida, os peregrinos recebem credenciais nos pontos iniciais e finais de cada trecho, além de carimbos nas igrejas durante o trajeto. Em Florianópolis, essa credencial é emitida na Secretaria da Igreja Nossa senhora de Guadalupe, em Canavieiras, na Paróquia Sagrado Coração de Jesus, nos Ingleses, na sede da Associação Catarinense dos Amigos do Caminho de Santiago de Compostela (ACACSC) e na loja North Face no Shopping Villa Romana.

Continua depois da publicidade

Grupo realiza caminhada ao redor da Ilha de SC como preparação para o Caminho de Santiago de Compostela

O documento tem um custo de R$ 15 para quem planeja fazer apenas o Caminho Brasileiro, e R$ 30 para quem completará todo o trajeto, até a Europa. No caso dos que vão até a Catedral de Santiago de Compostela, na Espanha, é necessário ter, junto ao formulário de solicitação de credencial, o comprovante de compra da passagem até a Europa. O formulário está disponível no site da ACACSC. Também é possível requisitar o certificado pelo correio.

Caminho de Santiago de Compostela em Florianópolis

1. A Caminhada começa na Igreja Nossa Senhora de Guadalupe, Canasvieiras;

2. Rua Afonso Cardoso da Veiga, Canasvieiras;

3. Trecho entre Canasvieiras e Cachoeira do Bom Jesus é feito pela praia;

4. Rua Alcina Jannis, Ponta das Canas;

5. Avenida Luiz Boiteux Piazza, Ponta das Canas;

6. Rua Deputado Fernando Viegas, Ponta das Canas;

7. Igreja de São Pedro, Ponta das Canas;

8. Estrada Jornalista Jaime de Arruda Ramos, Ponta das Canas;

9. Praia da Lagoinha, Ponta das Canas:

10. Estrada Jornalista Jaime de Arruda Ramos, Ponta das Canas;

11. Trajeto com 2 opções:

a) 1ª opção: Estrada Jornalista Jaime de Arruda Ramos, Ponta das Canas, Servidão Portal das Flores, Ponta das Canas, Avenida do Sol, na praia Brava;

Continua depois da publicidade

b) 2ª opção: estrada Jornalista Jaime de Arruda Ramos, Ponta das Canas; trilha do Morro do Rapa, Avenida do Sol, na praia Brava, rua Sinésio Duarte, praia Brava;

12. Trilha do Morro da Feiticeira, que leva da praia Brava à praia dos Ingleses;

13. Trajeto com 2 opções:

a) 1ª opção: caminho pela praia, Estrada Vereador Onildo Lemos, Ingleses, Igreja Nossa Senhora dos Navegantes, Ingleses;

b) 2° opção: rua das Gaivotas, avenida Dom João Becker, igreja Nossa Senhora dos Navegantes, Ingleses;

14. Avenida Dom João Becker, Ingleses;

15. Rua Mercúrio. Ingleses;

16. Rua Intendente João Nunes Vieira, Ingleses;

17. O Caminho termina no Santuário Sagrado Coração de Jesus, Ingleses.

Leia também

Cerca de 500 pessoas participam da primeira caminhada de Santiago de Compostela em Florianópolis

Continua depois da publicidade

Desenhos misteriosos surgem em plantação de trigo no Oeste de SC

Destaques do NSC Total