A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) será premiada na próxima quinta-feira (30) pela Associação Nacional de Jornais (ANJ), no Auditório ESPM Tech, em São Paulo. A Unesco receberá o Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa de 2023, por seu trabalho na defesa dos profissionais de comunicação, em um contexto mundial de ameaças à profissão.

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp 

A Unesco entrou em atividade no Brasil no ano de 1964. Já o Programa de Liberdade de Expressão e Segurança a Jornalistas foi criado há 10 anos e, desde então, vem contribuindo para estabelecer um cenário seguro para a atuação da imprensa e, consequentemente, ao fortalecimento da democracia. O diretor-geral adjunto para Comunicação e Informação da agência, Tawfik Jelassi diz:

— Estou muito satisfeito e honrado ao saber que a Unesco recebeu o prestigioso Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa. Isso coroa os esforços incansáveis da Unesco e, em particular, do Setor da Comunicação e Informação para promover a liberdade de expressão e aumentar a segurança dos jornalistas. Este prêmio significa muito para minha equipe e para mim.

Como uma agência da ONU, a Unesco tem liderado a implementação do Plano de Ação das Nações Unidas sobre a Segurança dos Jornalistas e a Questão da Impunidade. Esse é o único plano sistemático das Nações Unidas que visa a criar um ambiente livre e seguro para jornalistas e trabalhadores dos meios de comunicação social, tanto em situações de conflito como de não conflito. Francisco Mesquita Neto, coordenador do Comitê de Liberdade de Expressão da ANJ destaca:

Continua depois da publicidade

— A liberdade de imprensa sempre foi pilar fundamental para a existência das democracias, mas a evolução do uso das tecnologias digitais na comunicação somada à polarização política tem criado um desafio imenso para as empresas jornalísticas. Todo esforço na luta pela manutenção dessa liberdade é importante, e o programa de Liberdade de Expressão da Unesco demonstra o apoio que esse tema merece.

Logo depois da cerimônia será realizado o painel com o tema: “Os novos desafios da liberdade de imprensa”. É necessária inscrição prévia, neste link, inclusive para cobertura jornalística.

Programação:

  • 10h – Credenciamento e café de boas-vindas
  • 10h30 – Cerimônia de Entrega do Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa 2023 à Unesco e seu Programa de Liberdade de Expressão e Segurança a Jornalistas
  • 11h20 – Painel: “Os novos desafios da liberdade de imprensa”
  • 12h30 – Encerramento

Painel

Palestrantes:

  • Marlova Jovchelovitch Noleto, diretora e representante da Unesco no Brasil;
  • Paulo Tonet Camargo, presidente da AIR – Associação Internacional de Radiodifusão;
  • Marcelo Rech, presidente-executivo da ANJ – Associação Nacional de Jornais e membro do comitê executivo da Associação Mundial de News Publishers (WAN-IFRA).

Continua depois da publicidade

Moderação:

  • Patrícia Blanco, presidente-executiva do Instituto Palavra Aberta.

SERVIÇO

  • Evento de Premiação: Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa 2023
  • Painel: “Os novos desafios da liberdade de imprensa”
  • Data: 30 de novembro de 2023 – quinta-feira
  • Local: Auditório da ESPM TECH – Rua Joaquim Távora, 1.240 – Vila Mariana – São Paulo

*Sob supervisão de Andréa da Luz

Leia também

NSC conquista três prêmios Fiesc de jornalismo

Prêmio ACAERT – Microfone de Ouro é lançado; veja as categorias

Destaques do NSC Total