nsc
dc

Vacinação

Vacina contra a Covid-19: Santa Catarina recebe mais 85 mil doses

Novo lote da Coronavac chegou em Florianópolis na tarde deste domingo (7)

07/02/2021 - 14h54 - Atualizada em: 07/02/2021 - 14h58

Compartilhe

Fernanda
Por Fernanda Mueller
Catarina
Por Catarina Duarte
Doses da Coronavac serão distribuídas na segunda-feira (8)
Doses da Coronavac serão distribuídas na segunda-feira (8)
(Foto: )

Santa Catarina recebeu mais 85 mil doses da vacina Coronavac neste domingo (7). As oito caixas chegaram ao Aeroporto de Florianópolis por volta das 14h30. De lá, as doses serão encaminhadas para a Central Estadual de Rede de Frio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), em São José, que organizará a logística de distribuição às 17 regionais de saúde. 

> Tire as dúvidas que ainda restam sobre a vacina da Covid-19

A distribuição deste novo lote da vacina contra a Covid-19 será realizada na segunda-feira (8). As doses vão para as regionais de saúde da Grande Florianópolis, Tubarão, Itajaí, Blumenau, Joinville, Jaraguá do Sul, Videira, Joaçaba, Concórdia, Xanxerê, Chapecó, Criciúma, Araranguá, Mafra, Lages, Rio do Sul e São Miguel do Oeste. 

Segundo o governo de SC, apenas metade das doses recebidas neste domingo, um total de 42,5 mil, será encaminhada para as regionais. Ainda não há detalhes de quantas doses cada cidade receberá. 

> Qual a máscara mais segura contra Covid-19? Descubra e veja como usar

Primeiros catarinenses vacinados contra Covid 

A partir desta segunda (8), Santa Catarina terá os primeiros moradores com 100% de cobertura vacinal contra o coronavírus. Com a chegada do novo lote, as pessoas vacinadas nos dias 18 e 19 de janeiro começarão a ser chamadas pelas unidades de saúde para receberem a segunda dose da CoronaVac.

​> Monitor da Vacina: veja quantas doses foram aplicadas em Santa Catarina

Conforme as normas técnicas divulgadas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de SC (Dive), o intervalo entre as duas doses da CoronaVac deve ser entre duas e quatro semanas. Já para quem receber a vacina da AstraZeneca/Oxford, o intervalo recomendado é de 12 semanas.

Leia também

Tríplice viral: O que já se sabe sobre o estudo que avalia o impacto na Covid-19

Primeiro lote de IFA para produção de vacina da Oxford-AstraZeneca chega ao Rio

Padre diz que vacina é feita de fetos abortados, causa polêmica e pede perdão: "Retiro totalmente"

Colunistas