nsc
dc

Coronavírus

Vacina da Pfizer em SC: maior lote chega ao Estado e governo precisa decidir cidades que receberão as doses

Reunião da CIB ocorre nesta semana para aprovar a estratégia de ampliação da distribuição da vacina norte-americana

08/06/2021 - 10h10

Compartilhe

Maria Eduarda
Por Maria Eduarda Dalponte
Doses da Pfizer estão armazenadas na Central Estadual de Rede de Frio
Doses da Pfizer estão armazenadas na Central Estadual de Rede de Frio
(Foto: )

O destino do maior lote de doses da Pfizer ainda não está definido em Santa Catarina. A decisão das cidades que receberão a nova remessa será feita em reunião do governo do Estado nesta semana. Enquanto isso, as 83.070 doses contra Covid estão armazenadas na Central Estadual de Rede de Frio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE), em São José, na Grande Florianópolis.  

> Receba notícias de Santa Catarina por WhatsApp

O objetivo do Estado é mandar doses para mais muncípios de Santa Catarina. Para isso, a Comissão Intergestores Bipartite (CIB) precisa se reunir para aprovar a estratégia de ampliação da distribuição da vacina Pfizer.

A expansão da quantidade de municípios que são contemplados com as doses da Pfizer é possível porque no último mês a Anvisa autorizou que o imunizante seja conservado em temperatura controlada entre 2 °C e 8 °C por até 31 dias. Isso permite maior estabilidade no transporte da vacina para regiões mais distantes da Capital.

> Acesse o Monitor da Vacina do NSC Total

Até agora, as cinco remessas de Pfizer que chegaram ao Estado, totalizando 204,7 mil doses, foram distribuídas para 15 cidades.

Veja as cidades que receberam doses da Pfizer em lotes anteriores

- Florianópolis (26.910)

- São José (18.720)

- Blumenau (12.790)

- Joinville (11.620)

- Tubarão (8.110)

- Criciúma (7.020)

- Itajaí (5.850)

- Balneário Camboriú (4.680)

- Brusque (4.680)

- Jaraguá do Sul (4.680)

- Biguaçú (3.510)

- Palhoça (3.510)

- Araranguá (2.340)

- Chapecó (1.170)

- Lages (1.170)

Vacinação em SC

Santa Catarina já recebeu 3.541.140 doses de vacinas. A maior parte desse total, 1.785.350, é da Astrazeneca. O “ranking” tem em segundo lugar a Coronavac (1.551.040) e Pfizer (204.750).

> 80 mil vacinados contra a Covid-19 em SC não voltaram para tomar a 2ª dose

Foram imunizados em Santa Catarina, até segunda-feira (7), 1.834.224 com a primeira dose e 752.165 com a segunda. Segundo o Monitor da Vacina do NSC Total, a média diária de aplicação é de 24.742 doses nos últimos sete dias.

Neste ritmo, todo o grupo prioritário seria completamente imunizado em setembro deste ano. Já para vacinar com duas doses toda a população catarinense, a campanha se estenderia até agosto de 2022. Na sexta-feira (4), a expectativa era de que a vacinação terminaria em abril de 2022.

No momento, o Estado continua vacinando a população do grupo prioritário, como trabalhadores do transporte aquaviário e metroviário, trabalhadores da limpeza urbana e caminhoneiros, assim como segue a imunização de pessoas por faixa etária, em ordem decrescente, a começar pela idade de 59 anos.

Leia também

Falha mundial portais de notícias e sites de governos do ar

Preso suspeito de matar ex-companheira em salão de beleza

Celesc é condenada a pagar R$ 240 mil por morte de criança

Colunistas