Santa Catarina foi o quinto estado do Brasil que mais criou empregos no primeiro semestre de 2022, segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. A cidade que mais contratou entre janeiro e junho foi Blumenau, com saldo positivo de 6.570 vagas, e a que mais demitiu foi Bombinhas, que registrou saldo negativo de – 913. (Veja ranking abaixo)

Continua depois da publicidade

Receba notícias do Diário Catarinense no Telegram

Nos primeiros seis meses do ano, os municípios catarinenses tiveram saldo positivo de 84.367. O Estado teve o quinto melhor resultado do país, atrás de São Paulo (385.464), Minas Gerais (140.319), Rio de Janeiro (104.144) e Paraná (90.119). Entre janeiro e abril, no entanto, Santa Catarina havia ficado na terceira posição do ranking.

Dos 295 municípios catarinenses, 147 registraram mais admissões do que demissões, o que representa 60% do total. Confira abaixo as 10 cidades catarinenses que mais contrataram e as que mais demitiram no primeiro semestre de 2022.

> SC gera 84,3 mil empregos no semestre, dos quais 9,6 mil em junho

Continua depois da publicidade

10 cidades que mais contrataram

  1. Blumenau: 6.570
  2. Joinville: 6.254
  3. Florianópolis: 5.768
  4. Itajaí: 5.154
  5. São José: 3.520
  6. Chapecó: 3.457
  7. Itapema: 3.324
  8. Criciúma: 3.279
  9. Jaraguá do Sul: 2.427
  10. Indaial: 1.340

10 cidades que mais demitiram

  1. Bombinhas: -913
  2. Vargem: -536
  3. Jaguaruna: -522
  4. Garopaba: -395
  5. Lebon Régis: -229
  6. Urussanga: -175
  7. Arvoredo: -156
  8. Imbuia: -101
  9. Ibicaré: -91
  10. Matos Costa: -47

Leia também

Médico catarinense diz que descobriu demissão ao receber mensagem no WhatsApp por engano

Receita paga restituições do 3º lote do Imposto de Renda nesta sexta

Demissão por WhatsApp, na folga e no aniversário: caso de médico de SC desperta relatos

Destaques do NSC Total