nsc

publicidade

Dificuldades

Vídeo: a situação dos caminhoneiros um ano depois da greve 

Preço do combustível e aplicação da tabela do frete seguem no centro da polêmica um ano depois da paralisação

22/05/2019 - 10h05 - Atualizada em: 22/05/2019 - 15h38

Compartilhe

Larissa
Por Larissa Neumann
(Foto: )

No dia 21 de maio, nesta terça-feira, o início da greve dos caminhoneiros que paralisou o país e o Estado completou um ano. Apesar do tempo que passou, motoristas ainda relatam dificuldades em seguir operando por conta do preço do combustível e aplicação da tabela do frete. Além disso, a manutenção dos caminhões pesam no bolso. O maior desejo de quem está na linha de frente, como o motorista Deoci de Oliveira, de 60 anos, é ter melhores condições de trabalho.

Greve dos caminhoneiros: um ano depois

Leia mais

Caminhoneiros trabalham, em média, 11,5 horas por dia e rodam mais de 8 mil km por mês

Como é calculada a tabela de frete dos caminhoneiros

MPF arquiva investigação contra Hang e Dalçoquio por suspeita de incitar greve dos caminhoneiros

Assine o NSC Total para ter acesso ilimitado ao portal, ler as edições digitais do DC, AN e Santa e aproveitar os descontos do Clube NSC. Acesse assinensc.com.br e faça sua assinatura.

Deixe seu comentário:

publicidade