nsc
hora_de_sc

Internet

Vídeo flagra briga generalizada em food truck de Palhoça e viraliza nas redes sociais

Motivo que provocou tumulto e briga generalizada não foi esclarecido

24/08/2021 - 19h16 - Atualizada em: 25/08/2021 - 15h17

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Vídeo circulou pelas redes sociais e ganhou repercussão no Twitter
Vídeo circulou pelas redes sociais e ganhou repercussão no Twitter
(Foto: )

Uma grande confusão, muitos gritos e agressões. O vídeo de uma briga generalizada em um food truck de Palhoça, na Grande Florianópolis, viralizou nas redes sociais nesta terça-feira (24). A gravação foi publicada no Twitter e, apesar da violência assistida, ganhou repercussão com uma série de comentários (veja abaixo).

"Tem tanto meme nesse vídeo… só na Palhoça, mesmo", diz a legenda da primeira publicação. 

Em seguida, os internautas começam a opinar: "O melhor é a música, 'hoje eu acordei com a cabeça no lugar', e o pau quebrando kkkkkk"- escreve um dos internautas, enquanto que outro responde: "Parece aqueles jogos que mostram tudo acontecendo ao mesmo tempo para mostrar que é bom".

Também houve quem não gostou do que viu: "O que essa criança está fazendo aí", questiona uma usuária da rede social sobre um menino que assiste a confusão.

O tumulto teria ocorrido na última sexta-feira (2o), no bairro Passa Vinte, segundo a PM. Comandante do 16º Batalhão da Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Rodrigo Dutra disse que, apesar das agressões e dos danos, a polícia não foi acionada no endereço e, portanto, não houve registro de ocorrência. 

Investigação sobre estupro e tortura de jovem em Florianópolis requer complementação, diz MPSC

Assista ao tumulto:

O estabelecimento também foi procurado pela reportagem e disse lamentar o ocorrido. Por meio de nota, informou que o ocorrido foi no sábado (21) e afirmou estar "à disposição das autoridades competentes para a identificação de todos os envolvidos no intuito de que as providências necessárias sejam tomadas". 

O estabelecimento disse ainda que repudia "veementemente todo e qualquer ato de violência" e afirmou que possui em seu quadro de funcionários "profissionais capacitados que objetivam resguardar a integridade física dos clientes bem como a segurança do local". O motivo que causou a confusão não foi esclarecido. 

Leia também

Caso Lázaro Barbosa: homem que matou família em Goiás tinha ritual e preparava outro crime, diz polícia

'Mistério' de William Bonner no Jornal Nacional é revelado; conheça a novidade

Rancho Queimado viraliza na web após médica contestar tratamento precoce na CPI da Covid

Colunistas