Um encontro especial comoveu um hospital de Blumenau nesta quarta-feira (8), quando o idoso Emanuel Osvaldo Tillmann, 82, internado há quase dois meses, recebeu a visita da cachorrinha de estimação dele, a Uni.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

Internado no Centro de Terapia Intensiva do Hospital Santa Catarina desde 14 de dezembro por conta de cirurgia no coração, o paciente estava com saudades da companheira de quatro patas, que foi adotada pela família há seis anos.

— Eles são parceiros inseparáveis. Uni acompanha o meu pai em todos os momentos, na roça, nos passeios vespertinos, durante as sessões de cinema em casa… Ele é o seu facilitador de petiscos, tanto que durante a estadia dele aqui no hospital, ela emagreceu — conta a filha de Emanuel, Shirley Tillmann.

Após o diagnóstico e a impossibilidade de alta, o médico intensivista Marcelo Monteiro e equipe intermediaram com a família a visita de Uni, cumprindo todos os protocolos de segurança e requisitos sanitários exigidos por lei, ressaltou a unidade. A ideia era trazer mais ânimo ao paciente, que se emocionou e comoveu a equipe com o encontro.

Continua depois da publicidade

Foi uma dose de amor para ele e outra de esperança a toda equipe do CTI.

— Além de amenizar a saudade entre o senhor Emanuel e a pequena Uni, a visita também encheu o coração da equipe de esperança e gratidão e, certamente, irá impactar positivamente no tratamento — disse a supervisora do CTI Adulto, Soraya Bachmann Sousa.

Trazida pela esposa de Emanuel, Uni recebeu o carinho do dono, como mostra o vídeo abaixo. A interação com animais de estimação tem efeito calmante e antidepressivo, apontam estudos. Além da redução da pressão sanguínea e cardíaca, melhoria do sistema imunológico e do bem-estar geral.

Assista ao reencontro

Leia também

Blumenau aprova novo formato e planeja Sommerfest maior em 2024

Destaques do NSC Total