Um vídeo publicado pelo The New York Times mostra o momento em que o avião ucraniano teria sido atingido por um míssil, próximo ao aeroporto de Teerã, na noite de quarta-feira (8).

Continua depois da publicidade

Nas imagens, uma pequena explosão ocorre quando um objeto colide na aeronave. O avião, que não explode, segue voando e tenta retornar ao aeroporto. Em chamas, a aeronave explode e bate no solo matando 176 pessoas.

Nesta quinta (9), funcionários dos setores de inteligência dos Estados Unidos, que falaram com a imprensa americana sob condição de anonimato, afirmaram que o voo PS752 foi derrubado pelo sistema de defesa aérea do Irã de modo acidental.

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou em entrevista coletiva que a queda do avião pode ter sido causada por acidente, mas não citou provas:

Continua depois da publicidade

— Eu tenho minhas suspeitas. Eu não quero falar porque outras pessoas têm suas suspeitas. Alguém pode ter cometido um erro no outro lado, não no nosso sistema. Isso não tem nada a ver conosco.

Após a divulgação das suspeitas, o Irã negou envolvimento com o acidente.

— Cientificamente, é impossível que um míssil tenha atingido o avião ucraniano, e esses rumores são ilógicos — afirmou Ali Abedzadeh, chefe da Organização de Aviação Civil do Irã, segundo a agência Isna.

Destaques do NSC Total