nsc
hora_de_sc

Doença

Vigilância confirma sete casos de sarampo no Norte de Florianópolis e intensifica vacinação

Entre os sete casos confirmados está o de uma pessoa que esteve no show da banda Dazaranha na Praia Brava, no dia 1º de fevereiro

11/02/2020 - 12h16 - Atualizada em: 11/02/2020 - 12h20

Compartilhe

Lucas
Por Lucas Paraizo
Sarampo
Vacina é a única forma de prevenção contra o sarampo
(Foto: )

A Vigilância Epidemiológica de Florianópolis confirmou pelo menos sete novos casos de sarampo no Norte da Ilha e vai intensificar a campanha de vacinação na região. Somente no último fim de semana 22 pessoas procuraram a UPA do Norte da Ilha com sintomas de sarampo. Destes casos, sete foram confirmados, oito aguardam exames e outros sete foram descartados para sarampo. Entre os casos confirmados está o de uma pessoa que frequentou o show da banda Dazaranha na Praia Brava no dia 1º de fevereiro.

Por causa do grande número de casos em poucos dias na região, a prefeitura anunciou medidas de prevenção. A ideia é aumentar a cobertura entre os moradores de bairros como Rio Vermelho, Ingleses, Canasvieiras e arredores. Por isso na região a campanha de vacinação contra o sarampo, que tem como público-alvo pessoas entre 6 meses e 49 anos, foi ampliada para 6 meses até 59 anos.

A orientação da vigilância é que a população procure o centro de saúde mais próximo o mais rápido possível para atualizar a caderneta de vacinação. Quem perdeu a caderneta ou não lembra se já é imunizado contra o sarampo deve tomar a vacina do mesmo jeito.

Onde buscar a vacina contra o sarampo

Durante a campanha a vacina é oferecida gratuitamente em toda a rede pública de saúde e está disponível nos postos espalhados pelo Estado. Qualquer unidade de saúde que tenha uma sala de vacinação poderá aplicar a dose. Para tomar a vacina basta levar um documento com foto e, caso a pessoa tenha, a carteira de vacinação.

Confira no site da Dive-SC a lista de salas de vacinação em Santa Catarina.​

O que é sarampo?

Sarampo é uma doença respiratória que pode causar complicações como pneumonia, e, em casos mais graves, até mesmo a morte.

Como a doença é transmitida?

A transmissão ocorre de pessoa para pessoa por secreções expelidas na tosse, no espirro ou na fala. O vírus pode permanecer no ambiente por até duas horas. Uma pessoa com sarampo pode transmitir a doença para uma média de 12 a 18 pessoas que nunca tenham sido expostas ao vírus anteriormente ou que não tenham se vacinado. A única maneira de evitar o sarampo é com a vacinação.

Quais são os sintomas do sarampo?

Os principais sintomas do sarampo são: febre, tosse, coriza, aparecimento de manchas vermelhas no corpo e olhos avermelhados. Apresentando sinais e sintomas do sarampo, o serviço de saúde deve ser procurado imediatamente para que seja feito o diagnóstico e tratamento da doença.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Saúde

Colunistas