nsc
dc

Saúde

Vírus Nipah mata adolescente na Índia e gera preocupação

Mais de 180 tiveram contato com a criança e são monitoradas pelas autoridades sanitárias

10/09/2021 - 12h53

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Morcegos são um dos vetores do vírus Nipah
Morcegos são um dos vetores do vírus Nipah
(Foto: )

A morte de um adolescente infectado pelo vírus Nipah na cidade de Kerala, na Índia, gera preocupação nas autoridades sanitárias do país. O óbito aconteceu no último domingo (5) e uma centena de pessoas que tiveram contato com o garoto são monitoradas. Duas delas são profissionais de saúde. Áreas próximas à casa da criança foram isoladas. As informações são da Galileu.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

O vírus Nipah não está associado ao coronavírus. Ele foi descoberto em 1999 e a transmissão pode acontecer entre pessoas ou no consumo de animais infectados.

O adolescente de 12 anos ficou internado por uma semana com febre alta. Os sintomas pioraram e ele apresentou encefalite — uma inflamação no cérebro. Foram enviadas amostras de sangue da criança ao Instituto Nacional de Virologia, que confirmou a infecção.

As autoridades sanitárias passaram a rastrear pessoas que tiveram contato com o menino. Foram identificadas 188 pessoas. Todas foram mantidas em quarentena e algumas delas precisaram ser hospitalizadas.

Dois profissionais de saúde, que cuidaram do menino, apresentaram sintomas da infecção. Eles tiveram amostras de sangue colhidas na segunda-feira (6) para testes. As autoridades isolaram um raio de cerca de três quilômetros em torno da casa do menino e passaram a buscar por pessoas com sintomas da doença em áreas próximas.

Sintomas e tratamento

O vírus Nipah está na lista da Organização Mundial de Saúde (OMS) de doenças e patógenos com prioridade para pesquisa e desenvolvimento em contextos de emergência.

> Creche é fechada após surto de Covid entre crianças e professora no Oeste de SC

A taxa de letalidade do Nipah vai de 40% a 70%, variando conforme o surto. A informação é da OMS.

Entre os sintomas relatados estão febre, dor de cabeça, dor muscular, vômito e dor de garganta. A piora nas condições clínicas pode levar a problemas neurológicos.

O Nipah não é tão transmissível quanto o Sars-CoV-2, mas surtos anteriores mostraram potencial de transmissão rápida.

Leia também 

Pode beber depois de tomar a vacina da Covid-19?

Efeitos colaterais da Pfizer; veja os sintomas mais relatados

Vacinação da Covid em SC: locais, fases de aplicação, idades e tudo sobre

Colunistas