nsc
    dc

    No sufoco

    Vitória sobre o Ceará dá sobrevida para a Chapecoense 

    Gol de Everaldo garantiu vitória do time catarinense

    17/11/2019 - 18h54 - Atualizada em: 17/11/2019 - 19h10

    Compartilhe

    Darci
    Por Darci Debona
    Chapecoense venceu o Ceará por 1 a 0, na Arena Condá
    Everaldo insistiu até chegar ao gol da vitória
    (Foto: )

    Um gol de Everaldo aos 36 minutos do segundo tempo deu uma sobrevida para a Chapecoense, que venceu o Ceará por 1 a 0, neste domingo (17), na Arena Condá. Foi apenas a terceira vitória do time catarinense em casa. Mas o resultado serviu para manter o time vivo no Brasileirão. Com 25 pontos e mais 15 a disputar o time se agarra a um fio de esperança.

    O Ceará, que também briga contra o rebaixamento, começou melhor e teve boas chances de abrir o placar na primeira meia hora de jogo. Logo a dois minutos, João Lucas finalizou para fora. Em cruzamento para a área, Thiago Galhardo subiu livre, mas o cabeceio foi por cima do gol.

    Depois foi a vez de João Ricardo salvar em três lances seguidos. Bergson cabeceou para o chão e João Ricardo mandou para escanteio. Fabinho pegou um rebote na entrada da área e João Ricardo saltou no canto direito para espalmar a bola. Depois segurou firme uma finalização de Bergson.

    Passado o sufoco inicial, a Chapecoense conseguiu reagir e finalmente atacar o Ceará. Em boa jogada, Henrique Almeida recebeu dentro da área, ficou cara a cara com Diogo Silva, mas o goleiro conseguiu fazer da defesa com o pé direito.

    Depois foi a vez de Eduardo chutar de fora da área e Diogo Silva defendeu. Outra grande chance foi em cobrança de escanteio de Camilo, que Amaral cabeceou muito próximo da trave.

    No segundo tempo novamente o Ceará começou melhor. João Ricardo saiu bem e evitou o gol de Thiago Galhardo. Logo em seguida teve um gol anulado, por impedimento. Bergson tentou novamente de cabeça e João Ricardo defendeu com facilidade em outra oportunidade.

    Chapecoense x Ceará
    Vitória sobre o Ceará mantém viva chance da Chape de escapar do rebaixamento
    (Foto: )

    Somente aos 13 minutos a Chapecoense conseguiu finalizar, com Everaldo, mas para fora. Em cruzamento de Bruno Pacheco, o atacante Henrique Almeida desviou de cabeça, porém para fora.

    Até que, aos 36 minutos, Everaldo pegou na esquerda, puxou para dentro, invadiu a área e chutou no canto do goleiro Diogo Silva, abrindo o placar. Foi o 12º gol do atacante, que está entre os cinco principais artilheiros do Campeonato Brasileiro. O goleiro João Ricardo ainda garantiu o resultado ao segurar finalização do zagueiro Tiago Alves.

    O próximo confronto é o clássico estadual diante do Avaí, no domingo (24), na Ressacada.

    Ficha técnica

    Chapecoense: 1

    João Ricardo, Renato (Eduardo), Amaral, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Vini Locatelli (Arthur Gomes) e Camilo (Campanharo); Roberto, Henrique Almeida e Everaldo. Técnico: Marquinhos Santos

    Ceará: 0

    Diogo Silva, Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio (Eduardo Brock), João Lucas; Fabinho, Chico (Felippe Cardoso), Ricardinho; Thiago Galhardo (Lima), Felipe Silva e Bergson. Técnico: Adilson Batista.

    Gol: Everaldo (CH), aos 36 minutos do segundo tempo

    Arbitragem: Rodolpho Toski Marques, auxiliado por Bruno Boschilia e Luciano Roggenbaum. No VAR, José Mendonça da Silva Júnior. (quarteto do PR)

    Cartões amarelos: Bruno Pacheco (CH); Eduardo Brock (CE)

    Local: Arena Condá, em Chapecó

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas