Após o Merapi, vulcão mais ativo da Indonésia, entrar em erupção nesse domingo (3), na ilha de Sumatra, as autoridades indonésias informaram que 11 alpinistas morreram e três foram encontrados com vida nesta segunda-feira (4). Equipes de resgate seguem à procura de outros 12 desaparecidos em meio à atividade vulcânica.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Abdul Malik, chefe dos socorristas, disse à imprensa local que 75 escaladores, todos de nacionalidade indonésia, estavam no monte no momento em que ocorreu a erupção. Destes, 49 foram resgatados entre a noite de domingo e a manhã desta segunda.

FOTOS: Placa com risco de cair interdita principal rodovia de Florianópolis

As operações de salvamentos precisaram ser interrompidas devido a novas pequenas erupções. Segundo Arief Pratama, da organização nacional de busca e resgate, as atividades vulcânicas chegaram a oito. Circula nas redes sociais vídeos de moradores da região. Nas imagens, é possível observar uma cortina de fumaça provocada pela atividade vulcânica no Merapi, que segue constante. No domingo, o vulcão lançou uma nuvem de cinzas a 3 mil metros acima da cratera.

Continua depois da publicidade

Leia mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total.

Leia também

Como surgiram os beach clubs de Jurerê e por que eles são alvo de novela na Justiça

O que é sal-gema e por que sua extração em mina de Maceió está afundando o solo

Tragédia da Braskem em Maceió cria bairros fantasmas e ruas inteiras “desaparecem”

Destaques do NSC Total