nsc
    nsc

    NA ASSEMBLEIA

    Alesc oficializa abertura de processo de impeachment contra Moisés e Daniela

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    30/07/2020 - 08h33 - Atualizada em: 30/07/2020 - 12h02
    Processo de impeachment foi aberto na Alesc
    Processo de impeachment foi aberto na Alesc (Foto: Rodolfo Espínola / Agência AL)

    O processo de impeachment contra o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, e a vice-governadora, Daniela Reinehr, foi oficialmente aberto nesta quinta-feira (30) na Assembleia Legislativa (Alesc). A leitura da denúncia foi feita pelo 1º Secretário, Laércio Schuster Junior (PSB), no começo da sessão desta manhã. O comunicado foi feito pelo presidente da Alesc, Julio Garcia (PSD). O deputado Laércio Schuster vai entregar em mãos o processo de impeachment ao governador, vice e ao secretário. Isso deve ocorrer por volta das 14h30min.

    > Entenda os detalhes do pedido de impeachment de Carlos Moisés

    Moisés e Daniela vão responder à denúncia assinada pelo defensor público Ralf Zimmer Junior. Ele aponta crime de responsabilidade dos agentes públicos na concessão de aumento salarial aos procuradores do Estado por "decisão administrativa". Garcia seguiu o parecer favorável da Procuradoria da Alesc a este pedido. Outros três tiveram parecer contrário e o quinto segue em análise.

    Ao oficializar que seria feita a leitura da denúncia de Ralf Zimmer Junior, nesta quinta-feira, o presidente da Alesc disse que nesta fase os encaminhamentos são jurídicos: "Estou agindo no estrito cumprimento das minhas responsabilidades". Depois, Garcia citou ter recebido críticas nos últimos dias e disse vai respondê-las "no momento e no foro adequados".

    Pelo rito, o governador e a vice serão intimados da denúncia e terão 10 sessões para a defesa. Depois, a comissão especial com nove deputados indicados pelos blocos partidários começa a analisar a questão e emite um parecer que será analisado em formato de projeto no plenário da Alesc.

    Em entrevista ao colega Renato Igor, nesta quarta-feira, o advogado de Moisés, Marcos Probst, afirmou irá contestar judicialmente o rito divulgado pela Alesc. Já a vice-governadora afirma que o impeachment da sua função é inconstitucional, como publicou Upiara Boschi.

    Leia também:

    Moisés trabalha nos bastidores para reação política ao processo de impeachment

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas