nsc
nsc

Logística

Como será a distribuição das vacinas contra o coronavírus em Santa Catarina

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
15/01/2021 - 06h24 - Atualizada em: 15/01/2021 - 07h21
Doses serão enviadas para as 17 regionais da Saúde em Santa Catarina
Doses serão enviadas para as 17 regionais da Saúde em Santa Catarina (Foto: Cristiano Estrela/Secom)

Santa Catarina se prepara para receber as vacinas contra o coronavírus na semana que vem. Além dos municípios, que montam seus planos de vacinação locais, o governo do Estado já tem sua projeção de como fará a logística para distribuição dos imunizantes. Tudo depende, porém, da aprovação das vacinas pela Anvisa no domingo (17) e da chegada de parte das doses da Índia, algo que nesta quinta-feira teve um sinal de que pode não avançar com um recuo do governo indiano.

TCE dá prazo para governo de SC detalhar estoque de insumos da vacinação contra a Covid-19

A expectativa em SC é que os imunizantes cheguem no início da semana. Caso ocorra na segunda-feira, já na terça-feira a distribuição inicia conforme a quantidade a ser enviada pelo Ministério da Saúde. A divisão das doses será pela proporção dos grupos de risco nas cidades catarinenses.

Segundo o governo do Estado, a logística dependerá de como o Ministério enviará os medicamentos. Caso eles cheguem de caminhão, vão direto para o almoxarifado da secretaria de Estado de Saúde (SES), em São José, na Grande Florianópolis. Mas, se vierem de avião, a própria SES vai até o aeroporto buscar os materiais para levar até o almoxarifado. Lá é feita a conferência e a parte burocrática do armazenamento.

Astrazeneca e CoronaVac: as diferenças entre as vacinas da covid-19 em SC

Depois a SES vai distribuir para as 17 regionais da Saúde no Estado. O envio deve ser por caminhão, nos casos mais próximos, ou avião, para as regiões distantes como o Oeste e Extremo-Oeste. Nas regionais, as próprias prefeituras fazem a retirada ou a SES faz o transporte até os municípios, dependendo do caso.

Sem oxigênio, médicos em Manaus dizem ter que escolher quem terá assistência

Caberá aos prefeitos a decisão sobre quem será vacinado primeiro dentro dos grupos prioritários. O Ministério da Saúde estabeleceu que a vacinação deve começar de forma unificada no país, na quarta-feira, às 10h. Mas isso dependerá da Anvisa e da chegada das doses ao Brasil.

Leia mais:

Vacinação contra a Covid-19 em SC cria onda de solidariedade

Descartada variante mais transmissível da Covid-19 em testes de SC

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Mais colunistas

    Mais colunistas