nsc
nsc

Bastidores

Moisés reconduz secretários, mas ainda deve fazer trocas

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
08/05/2021 - 08h08
Moisés e parte dos secretários reconduzidos nesta sexta-feira (8)
Moisés e parte dos secretários reconduzidos nesta sexta-feira (8) (Foto: Maurício Vieira/Secom)

Com 12 secretários reconduzidos aos cargos, além de dois diretores de fundações, Carlos Moisés da Silva refaz o quadro que antes preenchia o governo de Santa Catarina. No entanto, ele deve fazer trocas nas próximas semanas. As mudanças fazem parte das acomodações políticas.

Eleito pela antipolítica, Moisés é salvo pelos políticos

Ainda não há definições sobre pastas ou nomes, mas uma coisa é certa dentro do governo: nenhum deputado será chamado para as secretarias além de Luiz Fernando Vampiro (MDB), na Educação, e Altair Silva (Progressistas), na Agricultura. O que deve ocorrer é que os escolhidos sejam indicados por parlamentares.

Com Moisés de volta ao cargo, quais são os secretários que retornam

"Super deputados"

Os quatro votos que salvaram Moisés da condenação no impeachment dos respiradores criou uma espécie de "super deputados". É certo que Fabiano da Luz (PT), Valdir Cobalchini (MDB), Zé Milton (Progressistas) e Marcos Vieira (PSDB) terão olhares mais atentos do Executivo em seus pedidos daqui para frente.

Leia mais:

Com fim do impeachment, está na hora de Moisés governar

PT cita impeachment de Dilma para justificar voto que salvou Moisés

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Mais colunistas

    Mais colunistas