nsc
    nsc

    Pandemia

    Balneário Camboriú cancela queima de fogos no Réveillon

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    20/11/2020 - 07h23 - Atualizada em: 20/11/2020 - 07h28
    Réveillon em Balneário Camboriú
    Réveillon em Balneário Camboriú (Foto: Divulgação)

    A prefeitura de Balneário Camboriú cancelou oficialmente a queima de fogos do Réveillon na Praia Central, que atrai cerca de um milhão de espectadores todos os anos. A decisão atende uma recomendação do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), assinada por sete promotores de Justiça na semana passada.

    > Ministério Público pede para cancelar queima de fogos no Réveillon em Balneário Camboriú

    O prefeito Fabrício Oliveira (Pode), disse que a medida levou em conta uma deliberação do Comitê de Enfrentamento à pandemia e o mapa de risco da região da Foz do Itajaí-Açu, que tende subir para o nível gravíssimo a partir da próxima semana. Essa mudança impede a realização de eventos.

    .> UTI de Covid-19 está lotada em Balneário Camboriú; Justiça determina remanejar pacientes

    Balneário Camboriú seria uma das únicas cidades no país a manter grandes eventos para a virada de ano. Florianópolis e Rio de Janeiro já anunciaram com antecedência o cancelamento do show pirotécnico. O MPSC havia alertado ao prefeito que esse era um ponto de atenção, porque poderia trazer um movimento ainda maior à cidade. 

    > SC tem o quinto maior número de infectados por coronavírus no Brasil e vive pico de casos ativos

    Outro ponto levantado pelo MPSC é que a prefeitura poderia manter a programação e fazer o cancelamento até a véspera da festa. Mas isso traria inúmeros prejuízos – não apenas à saúde pública, mas também aos consumidores, que se hospedam na cidade.

    Balneário Camboriú tem mais de 9 mil casos confirmados de coronavírus, e 846 pacientes em tratamento. Nesta quinta-feira (19), os 30 leitos de UTI reservados a pacientes com Covid-19 no Hospital Ruth Cardoso chegaram a 100% de lotação. 

    No fim da tarde, a Justiça atendeu a um pedido do Ministério Público, e determinou ao Estado que faça o remanejamento de pacientes, levando em conta, principalmente, as vagas que ainda estão disponíveis no Hospital Marieta, em Itajaí. o Estado tem 48 horas para cumprir.

    Além do cancelamento do shoe de fogos, o prefeito Fabrício Oliveira anunciou a retomada do serviço de busca ativa por possíveis contaminados entre idosos com sintomas e pessoas com doenças crônicas, que têm cadastro nas unidades básicas de saúde. A partir de segunda-feira (23) será acionado um serviço de telemedicina para esse trabalho. 

    Também serão abertos, desta vez, leitos pediátricos no centro Municipal de Tratamento do Covid-19. São dois leitos de emergência e seis leitos de observação. A medida leva em conta, de acordo com o prefeito, o aumento no número de crianças contaminadas. 

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas