nsc
    nsc

    Política

    Carmen Zanotto aceita convite de Daniela para assumir a Secretaria de Estado da Saúde

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    30/03/2021 - 15h27 - Atualizada em: 30/03/2021 - 15h56
    A deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania) em reunião da comissão especial do Coronavírus na Câmara dos Deputados
    A deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania) em reunião da comissão especial do Coronavírus na Câmara dos Deputados (Foto: Najara Araujo, Câmara dos Deputados/Divulgação)

    A deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania) aceitou o convite da governadora interina, Daniela Reinehr, para comandar a Secretaria de Estado da Saúde. Ela assumirá o lugar de André Motta Ribeiro, que estava à frente da pasta desde maio do ano passado. 

    > Santa Catarina oficializa critério que define quem tem direito a leito de UTI quando há lotação

    O nome da deputada como favorito de Daniela Reinehr para a saúde já havia sido levantado pelo colega Upiara Boschi. Desde o início da manhã corriam informações de que Carmen Zanotto teria aceitado colaborar com o governo Daniela. Mas ela só confirmou o convite esta tarde. O anúncio oficial deve ocorrer ainda hoje, em uma coletiva de imprensa. 

    > Gean Loureiro comandará maior consórcio do Brasil para compra de vacinas

    Pouco antes de sinalizar à governadora que aceitaria o cargo, Carmen Zanotto participou, no início da tarde, de uma reunião do fórum parlamentar catarinense em que informou que estava fazendo ainda os últimos encaminhamentos partidários para atender ao chamado de Daniela.

    > Carmen Zanotto não aceita convite de Carlos Moisés para assumir Secretaria da Saúde de Santa Catarina

    Aos colegas parlamentares, a deputada federal disse que foi surpreendida com o convite súbito, mas entendeu que não poderia se furtar de colaborar com Santa Catarina no enfrentamento à pandemia. Ela sinalizou que está disposta a dar vazão a demandas de custeio que estariam represadas na Saúde.

    Torcida contra

    Carmen Zanotto, que é enfermeira, disse aos membros do fórum parlamentar que levou em conta a "mais a formação profissional do que a partidária" para escolher entrar no governo. 

    Desde que o nome da deputada foi apontado como a possível substituta de André Motta Ribeiro, membros da ala mais radical do bolsonarismo passaram a pressionar Daniela Reinerh para que orientasse a nova secretária sobre medidas como lockdown e tratamento precoce.

    O perfil de Carmen Zanotto, no entanto, indica que ela só aceitaria o cargo com autonomia garantida. A deputada é respeitada no Congresso Nacional, onde é conhecida pelo perfil técnico e voltado especialmente às questões de saúde.

    Nos bastidores, o que se fala é que a parlamentar só permanecerá na Secretaria de Estado da Saúde se não virar alvo de interferências. 

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas