nsc
    nsc

    Política

    Gean Loureiro comandará maior consórcio do Brasil para compra de vacinas

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    30/03/2021 - 12h06 - Atualizada em: 30/03/2021 - 12h27
    Prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, comandará consórcio da Frente Nacional de Prefeitos
    Prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, comandará consórcio da Frente Nacional de Prefeitos (Foto: Diorgenes Pandini, Arquivo NSC)

    O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), tomou posse nesta terça-feira (30) para presidir o Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras (Conectar), organizado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP). O grupo representa mais de 2,6 mil cidades e 150 milhões de habitantes. É o maior consórcio nacional para compra de vacinas, e um dos maiores do mundo.

    > Prefeito Gean Loureiro pede socorro internacional contra Covid em vídeo; veja

    De acordo com Gean, a ideia não é ‘atropelar’ o Plano Nacional de Imunização nem fazer oposição direta ao governo federal, mas somar esforços.

    - Não estamos vendendo um sonho, mas contatando os laboratórios. Um consórcio que representa 150 milhões de habitantes tem potencial de compra em escala. Nosso maior interesse é que o Plano Nacional de Imunização funcione na plenitude.

    > “Somos obrigados a escolher, ou vai morrer mais gente”, diz médica sobre fila da UTI

    A iniciativa privada dará apoio ao consórcio por meio de doações. Uma indústria de cosméticos e um banco foram os primeiros a firmar parceria. Além da compra direta, outro foco do consórcio está no acordo Covax Facility, do qual o Brasil faz parte. Os prefeitos estão pedindo à Organização Mundial da Saúde (OMS) e à Organização Panamericana de Saúde (Opas) que aumentem o percentual de vacinas a que o Brasil terá acesso. O acordo assinado pelo governo brasileiro prediu 10% das doses disponíveis.

    > “Ainda teremos um longo caminho pela frente”, afirma Gean Loureiro sobre pandemia em Florianópolis

    Em outra frente de ação, na sexta-feira (26), Gean se reuniu com representantes do governo norte-americano para pedir que os Estados Unidos colaborem com os municípios brasileiros, com doação ou empréstimo de vacinas Oxford-AstraZeneca que não serão utilizadas. Os EUA têm planos de doar as vacinas para o México.

    Na segunda-feira (29), já eleito para presidir o consórcio, Gean participou de reunião com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em que foi solicitada pelo consórcio a antecipação em um mês da entrega de 80 millhões de doses, prevista para o fim de junho.

    > Mapa Covid de SC hoje: veja em mapa e dados por cidade como está a situação da pandemia

    Embora o foco inicial seja a aquisição de vacinas, o consórcio também pretende atuar na busca conjunta por medicamentos e insumos. A ideia é conseguir melhores negociações, que impactem em economia para os municípios.

    - O consórcio vai incluir insumos, medicamentos e vacinas. Poderemos, por exemplo, buscar medicamentos importados por um preço melhor. Esse é um grande ganho para o municipalismo brasileiro – avalia Gean.

    > Calendário da vacina: veja dados da vacinação em cada município de SC no Monitor da Vacina

    Capital político

    Na segunda-feira (29), a Frente Nacional de Prefeitos lançou um vídeo, com legenda em inglês, em que os prefeitos apresentam a situação do Brasil para o mundo e fazem um apelo. O pedido inclui leitos, vacinas e oxigênio. Gean Loureiro é um dos oito prefeitos que aparecem na gravação.

    Presidir o consórcio Conectar abre novos horizontes políticos para o prefeito da Capital. O grupo que o escolheu para comandar a busca por vacinas inclui nomes de peso, como o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM), e o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), que o apoiaram na eleição para liderar o consórcio.

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas