nsc
nsc

Análise

Episódio do impeachment transformou SC em filial do Rio de Janeiro na imprensa nacional

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
20/09/2020 - 11h31
Alesc
Alesc (Foto: Solon Soares, Divulgação Alesc)

A política catarinense ganhou as páginas dos principais jornais do país nas últimas semanas, graças ao processo de impeachment do governador Carlos Moisés e ao paralelo com o caso do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. O súbito interesse revelou uma daquelas verdades inconvenientes: quando se fala em política e seus absurdos, isso aqui também é um pedacinho de Brasil, iáiá.

> Vídeo mostra a reação de Carlos Moisés durante votação do pedido de impeachment

> Tire suas dúvidas sobre o processo de impeachment de Moisés e Daniela

Nas páginas de publicações como Veja e O Globo, a carreira política a jato de Moisés, seu ego e seus erros, dividem espaço com os detalhes sobre os esqueletos no armário do presidente da Alesc, Julio Garcia. Os paralelos com a situação de Witzel, e com a pitoresca política do Rio de Janeiro, são inevitáveis.

> Opinião: O brinde de Moisés a um governo defunto

Embora tenham personalidades e estilos de governo muito diferentes, há semelhanças na maneira como os dois governadores ascenderam, e descobriram muito rápido que havia limite. Assim como o governador afastado no Rio, Moisés é um outsider que entrou na política na onda 17 e, em determinado momento, achou que tinha pernas para caminhar sozinho. Descobriu, demasiado tarde, que não tinha.

Por motivos diferentes, ambos foram expostos a processos de impeachment por um Legislativo onde não fizeram questão de encontrar eco.

> Renúncia de Moisés e Daniela forçaria eleições diretas em Santa Catarina

O fato é que o caso Witzel aguçou ainda mais a curiosidade da imprensa nacional sobre o impeachment de Moisés. E a história ficou eletrizante com o timing do Ministério Público Federal, que denunciou Julio Garcia – o sucessor natural - por suspeita de lavagem de dinheiro em meio à reta final do processo de impedimento do governador. Um mar de lama que deixou Santa Catarina com cara de sucursal do Rio de Janeiro.

Talvez esse solavanco sirva, de forma saudável, para provar que estamos todos no mesmo barco. Queiramos ou não os catarinenses, o enredo do governador incompetente, sob um processo de impeachment conduzido por um político que está nas mãos da Justiça, é genuinamente brasileiro.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas