nsc
nsc

Economia

"Escola" de exportação vai orientar mais de 200 micro e pequenas empresas de SC

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
12/04/2022 - 10h31
Projeto orienta desde a apresentação dos produtos até o envio para o exterior
Projeto orienta desde a apresentação dos produtos até o envio para o exterior (Foto: Marcos Porto, Divulgação)

Santa Catarina terá uma nova rodada do Peiex, Programa de Qualificação para Exportação, que encurta o caminho para que pequenas e micro empresas no Estado vendam seus produtos para o exterior. O projeto é uma parceria entre a Universidade do Vale do Itajai (Univali) e a Agência Brasileira da Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), e deverá atender 225 empresas no Litoral e Norte do Estado.

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Na primeira edição, que terminou em 2019, 148 empresas do Litoral e Vale do Itajaí foram capacitadas para exportação. Entre elas, 15% fizeram a primeira venda para o exterior em dois anos – um índice 50% maior do que a média nacional.As histórias de sucesso incluem desde marcas de beach wear até a exportação de ovas de tainha.

O programa, gratuito, ajuda a identificar oportunidades, apresentar os produtos de forma adequada para o mercado internacional e a superar as dificuldades logísticas dos iniciantes no comércio exterior. O Peiex orienta, por exemplo, na elaboração de catálogos, adaptação de embalagens e busca por certificações exigidas.

SC vai passar RJ e se tornar o terceiro estado mais rico do Brasil com PIB per capita

- Para algumas empresas o processo é rápido, de quatro a cinco meses. Outras demandam mais tempo, estrutura, contratação de funcionários para fazer parte do time. O limite de permanência no programa é de dois anos – explica Giselda Cherem, professora da Univali que coordena o programa.

Desta vez, a área de atuação do Peiex via Univali não atenderá a região de Blumenau, mas se estenderá a indústrias das regiões de Joinville, Jaraguá do Sul, São Bento do Sul e Rio Negrinho, no Planalto Norte. A expectativa é positiva, porque inclui novos setores da indústria catarinense que têm possibilidade de expandir.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Leia mais​​​

Hang fica US$ 2 bilhões mais rico e volta ao topo da lista da Forbes no Brasil​​

Feito em SC, iate de R$ 50 milhões igual ao do CR7 tem fila de espera de 15 meses​​​

​Decreto de Moisés autoriza distribuição de absorventes nas escolas públicas de SC​

Novos caças Gripen milionários da FAB são rebocados pelas ruas de Navegantes

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas