nsc
    nsc

    Descanso

    Férias de Bolsonaro em Santa Catarina tem roteiro de pesca no Carnaval

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    10/02/2021 - 14h50 - Atualizada em: 10/02/2021 - 21h14
    Presidente Jair Bolsonaro vem a SC no Carnaval
    Presidente Jair Bolsonaro vem a SC no Carnaval (Foto: Alan Santos, Palácio do Planalto)

    O roteiro de Jair Bolsonaro em São Francisco do Sul no Carnaval será de pesca e descanso. Nada diferente da primeira passagem do presidente pela região, menos de dois meses atrás. O passeio de férias será em companhia do deputado federal Hélio Negão (PSL-RJ) e do secretário nacional de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Junior, que deve ciceronear Bolsonaro novamente em SC.

    > Saavedra: Bolsonaro deve voltar a São Francisco do Sul

    Os filhos do presidente também devem acompanhá-lo no Carnaval. Na última vez, Carlos Bolsonaro viajou com o pai.

    Detalhes do itinerário ainda são mantidos em sigilo pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI), responsável por organizar as viagens do presidente. Não foi divulgado, por exemplo, em qual aeroporto ele deve descer em SC. A comitiva chega no sábado (13), e volta a Brasília na terça-feira (16).

    > Em SC, Bolsonaro volta a defender vacina fabricada no Brasil e celebra vitória de aliados no Congresso

    Bolsonaro escolheu São Francisco do Sul porque gostou da hospedagem em dezembro. Seif, que é catarinense, já havia tentado trazê-lo em férias a Itajaí e Balneário Camboriú - mas a equipe do presidente prefere o ambiente do forte militar, por segurança. As características da construção, ‘pé na areia’, e a proximidade de boas áreas de pesca, conquistaram o presidente.

    > Carros entregues por Bolsonaro em SC estavam praticamente sem gasolina e formaram fila em postos

    Seif diz que Bolsonaro “se apaixonou” por São Francisco do Sul e pretende voltar “muitas vezes”. Mas espera, desta vez, ter mais sorte. É que, na primeira visita, o presidente não pescou quase nada.

    - Não foi boa pescaria, mas não foi falta de sorte do presidente. (É que ) Caiu vento Sul. Estávamos usando a melhor isca que tem, que é camarão vivo, e passamos por diversos barcos que estavam pescando, mas estava todo mundo negativo. Nos primeiros dias pescamos alguma coisa, mas estava fraquinho, e nos últimos dois dias foi muito ruim. Torcemos que não tenha vento Sul para a gente pescar bastante – disse Seif.

    > Renato Igor: O sorriso de Moisés a Bolsonaro em Santa Catarina

    > Upiara Boschi: Discursos de Bolsonaro e Moisés em Florianópolis retratam novo momento político de ambos

    Política

    Esta será a segunda viagem de Bolsonaro a SC em duas semanas. No dia 4 de fevereiro, ele entregou carros aos municípios em Florianópolis, para programas de assistência social. Os veículos foram fruto de emendas parlamentares impositivas.

    Por enquanto, ainda não está definido se o presidente terá encontros políticos na viagem a lazer. Em dezembro, o presidente recebeu convidados no Forte Marechal Luz, entre eles políticos, como o ministro das Comunicações, Fabio Faria, o senador Jorginho Mello (PL) e o prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira (Podemos). Também o empresário Luciano Hang e o apresentador Ratinho.

    As conversas incluíram as articulações para as candidaturas que Bolsonaro vai apoiar em Santa Catarina em 2022.

    Leia também

    Veja o calendário de pagamentos do PIS/Pasep 2020-2021

    Detran deve voltar a emitir documento físico do veículo, decide a Justiça

    Concursos públicos em SC: veja vagas abertas em fevereiro, salários e como se inscrever

    Gêmeas fazem cirurgia de mudança de sexo em Blumenau

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas