nsc
    dc

    Abono Salarial

    Veja o calendário de pagamentos do PIS/Pasep 2020-2021

    Pagamentos para nascidos entre março e junho e trabalhadores com o número final de inscrição 6 a 9 começam a ser feitos nesta terça (9)

    09/02/2021 - 10h33 - Atualizada em: 12/02/2021 - 17h37

    Compartilhe

    Maria Eduarda
    Por Maria Eduarda Dalponte
    Valores do PIS/Pasep variam entre R$ 92 e R$ 1.100
    Valores do PIS/Pasep variam entre R$ 92 e R$ 1.100
    (Foto: )

    Trabalhadores dos setores público e privado começam a receber nessa terça-feira (9) o abono salarial (PIS/Pasep) de 2020/2021, que tem 2019 como ano-base. Recebem o benefício os funcionários do setor privado nascidos entre março e junho e os servidores públicos com número final de inscrição no Pasep de 6 a 9.

    > Saiba como consultar o Pis/Pasep 2021 pela internet

    > Veja o calendário de pagamentos do Bolsa Família 2021, sem o Auxílio Emergencial

    Mais de 7,5 milhões de trabalhadores terão direito ao saque do benefício nessa etapa do calendário, totalizando mais de R$ 5,9 bilhões em recursos disponibilizados. O saque liberado essa semana fica disponível para retirada até 30 de junho, prazo final para recebimento.

    Trabalhadores da rede privada recebem o Pis nesta terça

    Os trabalhadores da iniciativa privada nascidos entre março e junho que têm direito ao benefício do PIS receberão o depósito nessa terça. O calendário foi antecipado em um mês. Inicialmente, os trabalhadores nascidos em maio e junho receberiam os valores devidos a partir do dia 17 de março. 

    > Pis/Pasep 2020/2021: Veja o que fazer se não recebeu

    > Detran deve voltar a emitir documento físico do veículo, decide a Justiça

    O valor será depositado em conta corrente da Caixa informada pelo trabalhador. Para quem não é cliente do banco, foi aberta uma conta poupança digital, gratuitamente, a mesma usada para pagar o auxílio emergencial. As poupanças digitais podem ser movimentadas pelo aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), boletos bancários, compras com cartão de débito virtual pela internet e compras com código QR (versão avançada do código de barras) em estabelecimentos parceiros.

    > Candidato é expulso de curso da PM por ter histórico com tráfico de drogas em SC

    > Temporais causam alagamentos em SC e risco de deslizamentos; veja imagens

    Nos casos em que o valor do abono não pode ser depositado em nenhua dessas contas, o trabalhador deve fazer o saque com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas e nos Correspondentes Caixa Aqui, bem como nas agências a partir de quinta-feira (11).

    > Funcionário que se recusar a tomar vacina da Covid-19 pode ser demitido por justa causa, diz MPT

    Para sacar o abono, o trabalhador precisa ir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica com o Cartão do Cidadão e senha cadastrada. Se não tiver o Cartão do Cidadão, o beneficiário pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação.

    > Concursos públicos em SC: veja vagas abertas em fevereiro, salários e como se inscrever

    > Férias de Bolsonaro em Santa Catarina tem roteiro de pesca no Carnaval

    Servidores da rede pública têm direito ao Pasep

    Os servidores com número final de inscrição no Pasep de 6 a 9 também recebem o depósito nessa terça. O Pasep é pago pelo Banco do Brasil e quem é correntista da instituição já recebe pela conta. Para os demais, os saques serão liberados a partir de quinta-feira (11).

    > Colapso no Oeste: lotação em leitos de Covid-19 nos hospitais gera alerta para outras regiões de SC

    Os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, é preciso procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil, ou no portal www.bb.com.br/pasep.

    O valor do benefício

    A quantia paga pelo Pis/Pasep considera o reajuste do salário mínimo e varia entre R$ 92, para quem trabalhou 30 dias em 2019, e R$ 1.100 para quem trabalhou os 12 meses do ano.

    > Com ar-condicionado quebrado, hospital adia cirurgias na Capital

    > Parto empelicado: nascimento raro é registrado no Sul de SC

    Confira o calendário de 2020/21 do Pis/Pasep

    Os calendários consideram o dia de saque da quantia. O depósitdo para os trabalhadores citados na matéria acontecem nesta terça (9).

    Calendário de pagamento dos trabalhadores da rede privada
    Calendário de pagamento dos trabalhadores da rede privada
    (Foto: )
    Calendário de pagamento dos servidores públicos
    Calendário de pagamento dos servidores públicos
    (Foto: )

    Quem tem direito ao abono salarial

    Tem direito ao abono salarial 2020/2021 o trabalhador inscrito no PIS há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2019, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. 

    > Escolas com danos na estrutura desafiam volta às aulas no Vale

    Também é necessário que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou e-Social, conforme categoria da empresa. Recebem o benefício na Caixa os trabalhadores vinculados a entidades e empresas privadas.

    *Com informações de Agência Brasil e supervisão de Raquel Vieira

    Leia mais

    "É uma vitória", diz idoso de 91 anos vacinado em Florianópolis

    Gêmeas fazem cirurgia para mudança de sexo em Blumenau

    Hotéis esperam ocupação de 60% no Carnaval no Estado

    Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

    Cavalos invadem escola e assustam funcionários em SC

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas