nsc
dc

Abono Salarial

Veja o calendário de pagamentos do PIS/Pasep 2020-2021

Saques podem ser realizados até junho de 2021

09/02/2021 - 10h33 - Atualizada em: 23/06/2021 - 12h32

Compartilhe

Maria Eduarda
Por Maria Eduarda Dalponte
Valores do PIS/Pasep variam entre R$ 92 e R$ 1.100
Valores do PIS/Pasep variam entre R$ 92 e R$ 1.100
(Foto: )

Todos os trabalhadores dos setores público e privado receberam o abono salarial (PIS/Pasep) de 2020/2021, que tem 2019 como ano-base. Porém, milhões de brasileiros ainda não realizaram o saque do valor, que fica disponível para retirada até 30 de junho, prazo final para recebimento.

> Saiba como consultar o Pis/Pasep 2021 pela internet

> Pis/Pasep 2021: saque de até um salário mínimo termina na quarta-feira

Trabalhadores da rede privada recebem o Pis 

Os trabalhadores da iniciativa privada que têm direito ao benefício do PIS receberam o depósito. O calendário foi antecipado em um mês devido à pandemia do coronavírus.

> Pis/Pasep 2020/2021: Veja o que fazer se não recebeu

> Veja o calendário de pagamentos do PIS/Pasep 2020-2021

O valor foi depositado em conta corrente da Caixa informada pelo trabalhador. Para quem não é cliente do banco, foi aberta uma conta poupança digital, gratuitamente, a mesma usada para pagar o auxílio emergencial. As poupanças digitais podem ser movimentadas pelo aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), boletos bancários, compras com cartão de débito virtual pela internet e compras com código QR (versão avançada do código de barras) em estabelecimentos parceiros.

> Ainda não sacou o Pis/Pasep 2020/2021? Saiba como receber pela Caixa ou Banco do Brasil

Nos casos em que o valor do abono não pode ser depositado em nenhuma dessas contas, o trabalhador deve fazer o saque com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas e nos Correspondentes Caixa Aqui, bem como nas agências.

> Imposto de Renda 2021: saiba como declarar

Para sacar o abono, o trabalhador precisa ir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica com o Cartão do Cidadão e senha cadastrada. Se não tiver o Cartão do Cidadão, o beneficiário pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação.

Servidores da rede pública têm direito ao Pasep

Os servidores públicos também receberam o depósito. O Pasep é pago pelo Banco do Brasil e quem é correntista da instituição já recebe pela conta. Para os demais, os saques estão liberados até 30 de junho.

> Auxílio emergencial 2021 vira lei e primeira parcela é paga em abril

Os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, é preciso procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil, ou no portal www.bb.com.br/pasep.

O valor do benefício

A quantia paga pelo Pis/Pasep considera o reajuste do salário mínimo e varia entre R$ 92, para quem trabalhou 30 dias em 2019, e R$ 1.100 para quem trabalhou os 12 meses do ano.

> Cidade de SC é a terceira mais rica do Sul do Brasil

Confira o calendário de 2020/21 do Pis/Pasep

Os calendários consideram o dia de saque da quantia. 

Calendário de pagamento dos trabalhadores da rede privada
Calendário de pagamento dos trabalhadores da rede privada
(Foto: )
Calendário de pagamento dos servidores públicos
Calendário de pagamento dos servidores públicos
(Foto: )

Quem tem direito ao abono salarial

Tem direito ao abono salarial 2020/2021 o trabalhador inscrito no PIS há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2019, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. 

> Superlua, chuva de meteoros e eclipse: os eventos astronômicos em 2021

Também é necessário que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou e-Social, conforme categoria da empresa. Recebem o benefício na Caixa os trabalhadores vinculados a entidades e empresas privadas.

*Com informações de Agência Brasil e supervisão de Raquel Vieira

Leia mais

“O vírus mexe com a maneira que o cérebro produz energia”, diz neurocientista

Como saber se seu CPF está irregular e como regularizar o documento

Guia definitivo para preparação de concursos públicos

Colunistas