nsc
dc

Abono Salarial

Saiba como consultar o Pis/Pasep 2021 pela internet

Veja qual o valor que você deve receber; o saque pode ser feito até 30 de junho

10/02/2021 - 12h51 - Atualizada em: 01/07/2021 - 10h26

Compartilhe

Maria Eduarda
Por Maria Eduarda Dalponte
Valor e situação do Pis/Pasep podem ser consultados pela internet
Valor e situação do Pis/Pasep podem ser consultados pela internet
(Foto: )

O pagamento do abono salarial (Pis/Pasep) 2020/2021, referente ao ano-base 2019, começou em julho do ano passado e terminou em fevereiro deste ano. O saque, porém, fica disponível até 30 de junho para todos aqueles que têm direito de receber o benefício.

> Pis/Pasep 2021: saque de até um salário mínimo termina na quarta-feira

> Quer receber notícias do NSC Total no WhatsApp? Inscreva-se aqui

É possível consultar a disponibilidade e os valores do Pis/Pasep pela internet, tanto para aqueles que já receberam, quanto para os que ainda devem sacar o benefício.

Consulte o valor do Pis

O pis pode ser consultado no caixa eletrônico, internet, aplicativo e no telefone.

> Pis/Pasep 2020/2021: Veja o que fazer se não recebeu

Pela internet

O beneficiário deve entrar no site da Caixa, inserir seu e-mail, CPF ou NIS, presente na carteira de trabalho, e a sua senha. Se estiver usando o sistema pela primeira vez, será preciso efetuar um cadastro rápido, clicando na opção “Cadastrar/Esqueci Senha”.

Após fazer login, clique em “PIS” no menu superior, e em “Consulta a Pagamento”. Em seguida, você conseguirá ver o valor a ser pago ou já recebido por você. 

> Ainda não sacou o Pis/Pasep 2020/2021? Saiba como receber pela Caixa ou Banco do Brasil

Pelo aplicativo

Baixe o aplicativo "Caixa Trabalhador" na play store ou apple store, clique em "Acessar", insira o seu CPF e a senha e tenha acesso ao valor do seu Pis. Pelo aplicativo é possível se cadastrar no primeiro acesso ou recuperar a senha.

Pelo telefone

Para consultar a situação do seu Pis, você deve ligar para 0800 726 0207. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 21h, e aos sábados, das 10h às 16h.

> Auxílio emergencial 2021 vira lei e primeira parcela é paga em abril

Pelo caixa eletrônico

É possível também visualizar os valores e a situação do seu Pis em um caixa eletrônico. Nesse caso, é necessário ter em mãos seu Cartão Cidadão e sua senha para realizar a consulta e posteriormente o saque.

Consulte o valor do Pasep

Os funcionários públicos podem consultar o Pasep online no site do Banco do Brasil. É preciso digitar o número do Pasep ou o CPF e a data de nascimento, marcar a caixa de seleção “Não sou um robô” e clicar em “Confirmar”. Assim é possível ter acesso à situação de seu benefício. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil, ou no portal www.bb.com.br/pasep.

CPF e dados vazados? Saiba o que fazer

Quem tem direito ao abono salarial

Têm direito ao Abono Salarial os trabalhadores que atendem simultaneamente às seguintes condições:

• Estar cadastrado no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos; • Ter recebido de empregador contribuinte do PIS/PASEP (inscrito sob CNPJ) remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante o ano-base que for considerado para a atribuição do benefício; •Ter exercido atividade remunerada, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração; • Ter seus dados informados pelo empregador corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do ano-base em questão.

> Confira as regras do Imposto de Renda 2021

Onde encontrar o número do Pis/Pasep

O número do PIS é o mesmo do NIS (Número de Identificação Social) e do NIT (Número de Identificação do Trabalhador).

Os números podem ser encontrados em alguns documentos:

• Carteira de trabalho • Extrato do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) • Cartão Cidadão (PIS) • Agência da Caixa, com documento oficial com foto (PIS) • Agência do Banco do Brasil, com RG e CPF (Pasep)

*Com supervisão de Raquel Vieira

Leia também

Auxílio-emergencial: confira as datas dos saques desta semana

Cesta básica de Florianópolis é a mais cara do Brasil; veja valores

"Nunca vou ouvi-la dizer mãe": a tristeza após ataque no Oeste

Colunistas