nsc
nsc

Opinião

Não faz mais sentido manter as praias fechadas em Santa Catarina

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
19/09/2020 - 12h26
Praia Brava, em Itajaí
Praia Brava, em Itajaí (Foto: Dagmara Spautz)

Há semanas, o desrespeito aos decretos que proíbem a permanência de banhistas nas praias de Santa Catarina é flagrante. Oficialmente, só está permitido praticar esportes individuais e dar um mergulho. Na prática, a faixa de areia lota cada vez que o sol dá as caras.

> Fim de semana de sol e calor pode ter praias lotadas em Florianópolis; veja quais são as regras

> Secretaria da Saúde autoriza a volta de eventos em SC; portarias definem regras

As pessoas não se importam com as regras impostas pelos órgãos públicos, e isso tem um motivo: as normas não têm lógica, nem coerência. Para que exista respeito aos regramentos, é necessário que eles façam sentido.

É difícil convencer o cidadão de que ele não pode colocar sua cadeira e guarda-sol na areia sem infringir as regras – mas pode pegar o transporte público normalmente ou mesmo sentar, sem máscara, para beber com os amigos no bar no outro lado da rua.

É possível conter aglomerações nas praias, com regras claras e fiscalização. Suspender temporariamente o atendimento dos bares e restaurantes na faixa de areia, por exemplo, pode evitar que os guarda-sóis fiquem muito próximos, e as pessoas, aglomeradas – o que ocorre em alguns pontos neste sábado.

Na maioria das cidades, não há sequer informações aos banhistas sobre o que está ou não permitido na praia. Falta comunicação.

Estabelecer normas que possam ser cumpridas e fiscalizadas faz mais sentido do que a situação que vivemos hoje: a proibição existe, mas o cidadão ignora e o poder público finge que não vê.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas