nsc
nsc

Deserta

Nenhuma empresa aparece para concessão do Centro de Eventos de Balneário Camboriú

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
24/11/2020 - 13h23 - Atualizada em: 24/11/2020 - 13h40
Centro de Eventos de Balneário Camboriú
Centro de Eventos de Balneário Camboriú (Foto: Betina Humers, Arquivo NSC)

A licitação para concessão do Centro de Eventos de Balneário Camboriú à iniciativa privada, promovida pela Santur e a SC Par, não teve nenhuma proposta. A sessão licitatória estava marcada para esta terça-feira (24), mas terminou deserta.

> Balneário Camboriú prepara plano de contenção para temporada na pandemia

O contrato previsto era de R$ 144 milhões, considerando a outorga e a projeção de receitas ao longo dos 20 anos de concessão - o edital previu que a concessionária pague 5% sobre o faturamento bruto mensal ao Estado.

> Balneário Camboriú cancela queima de fogos no Réveillon

O resultado surpreende, porque o edital teve mais de 80 acessos. Isso indicava que havia interesse na administração do espaço. O processo de licitação foi o primeiro no Brasil a ser feito segundo as novas regras sanitárias, em modelo semipresencial.

Ramiro Zinder, Secretário Executivo de PPPs da SCPar, disse que a incerteza sobre o mercado de eventos, fortemente afetado pela pandemia, prejudicou a concessão. Ele avalia que a crise no setor tem afastado investimentos privados em novos equipamentos. 

- Já iniciamos o trabalho de reestruturação do processo de concessão. Vamos abrir a sondagem de mercado ainda este mês para dialogar com o setor de eventos e faremos os ajustes necessários nas outorgas e mecanismos de pagamentos para lançarmos um novo edital já no primeiro trimestre de 2021 - informou,

O empreendimento custou R$ 139 milhões, entre investimentos do Estado, município e governo federal. As obras estão em fase final de acabamentos. 

Comissão de Turismo quer abertura

A Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) deve discutir a situação do Centro de Eventos de Balneário Camboriú, diante da licitação deserta. 

Presidente da Comissão, o deputado Ivan Naatz (PL) quer debater com o Estado, a prefeitura e o trade turístico a possibilidade de uma gestão provisória até que seja concluída nova licitação. O objetivo é evitar que o empreendimento permaneça fechado. 

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​​

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas