Jair Renan, o filho zero-quatro do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), chamou atenção ao passar pela Alesc nos últimos dias. Foi ao gabinete do deputado Sargento Lima (PL) para conversar com dois comissionados que são fundadores do movimento bolsonarista Direita SC em Santa Catarina – Pedro Neves, que foi candidato a vereador em Florianópolis em 2020, e Alex Pereira, que se concorreu à Câmara em Palhoça nas últimas eleições municipais.

Continua depois da publicidade

Receba notícias do DC via Telegram

A última semana, aliás, foi bastante movimentada no gabinete de Sargento Lima. Na terça-feira ele recebeu a visita de Silvinei Vasques, o ex-diretor da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na gestão Bolsonaro, que foi preso um dia depois. 

Ensaio 

Jair Renan tem feito agenda política ensaiando a candidatura nas eleições municipais do ano que vem. Jair Bolsonaro já havia sinalizado positivamente para a entrada do zero-quatro na política, mas na passagem por Santa Catarina levantou preocupação com a exposição de mais um membro da família. 

Continua depois da publicidade

Leia também

Bolsonaro recebeu mais de R$ 17 milhões via Pix em 2023, diz relatório do Coaf

Mauro Cid movimentou mais de R$ 3 milhões em sete meses, diz Coaf

Escândalo das joias de Bolsonaro expõe trapalhadas dos militares

Prisão de Vasques reforça mudança da Universidade da PRF de SC pra Brasília

Destaques do NSC Total